Melatonina: pílula “mágica“ para dormir e emagrecer? Dr. Paulo Lessa desvenda o segredo.

Edu Coutinho Colunista de Entretenimento

Uma boa noite de sono é primordial para todo ser humano, aliás, vital. O corpo precisa dessa “pausa”para recuperar as energias, superar as emoções, sejam elas positivas ou negativas. O sono tem o papel de estabilizar também a nossa mente, uma espécie de colocar ordem na caixola.

Durante o sono é produzido a melatonina, um hormônio produzido naturalmente pelo corpo humano. Estudado há anos pela ala médica e pesquisadores do mundo inteiro, hoje já se sabe que a substância também tem influência na regulação do apetite, enxaqueca, melhora da pele, controle da glicemia, entre outras funções.

 

Pesquisas e evidências pré-clínicas de que a melatonina pode contribuir para o controle do peso em certas situações. No entanto, ressalta-se que ainda não existem estudos clínicos que sustentem a suplementação com melatonina como terapia eficiente para o emagrecimento em seres humanos.

O hormônio passou a ser disponibilizado em forma de suplementação. Bastante famoso em países como os EUA e a Europa. A melatonina e sua forma de reposição aqui no país ainda é tímida e poucos conhecem pra que servem os seus benefícios. O auxílio no emagrecimento faz ganhar mais adeptos, já que é uma alternativa acertada para o processo.

Em conversa com o médico Paulo Lessa, ele falou sobre os benefícios da suplementação.

 

“A melatonina tem sido usada no tratamento de alguns tipos de enxaqueca, em distúrbios depressivos, coadjuvante no tratamento antitumoral AVC, doenças metabólicas, melhora o humor com a melhora de certos níveis de serotonina e melhora da leptina. Assim, temos um equilíbrio formando um importante papel na regulação do metabolismo energético, resultando uma ajuda no emagrecimento”.

 

Portanto, o hormônio pode ser um poderoso aliado para quem sofre com algum distúrbio do sono, e sim, pode auxiliar no emagrecimento. Com o período de isolamento, a famosa “quarentena”, várias pessoas passaram a ter o seu ciclo do sono alterado, e também, ganho de peso devido ao desequilíbrio mencionado acima.

 

Melantonia pode ser uma grande aliada para perca de peso.

 

A Melatonina ajuda a regular o restabelecer do relógio biológico, melhorando a qualidade do sono e, consequentemente, a qualidade de vida.
Mas, vai uma ressalva importante do Dr. Paulo Lessa.

De certa forma, o apetite e a melatonina agem à noite, o que impede das pessoas atacarem a geladeira no meio da madrugada, quando deveriam estar dormindo. Assim, com o bom funcionamento da melatonina em uma plena noite de sono, engordar torna-se um risco mais facilmente evitável.

 

“ A suplementação e o uso da melatonina deve ser estabelecida por uma consulta a um médico de confiança, a fim de evitar problemas. Diante de exames, o profissional implementa o uso da mesma. Com a aplicabilidade da dosagem correta, podemos prevenir os riscos de efeitos colaterais, assim como, eliminar a necessidade do uso por completo. Então, somente um profissional poderá te indicar corretamente se você deve tomar e qual a dosagem correta. Concluiu!

 

Então, é isso! Um ótimo início de semana e saúde sempre!

Tags:, , , , , ,
Pedro braga disse:

Como ele mesmo disse não existem estudos para fundamentar esse artigo,portanto não deveria ser publicado. Vergonhoso.

mm Edu Coutinho disse:

Farmácias manipulação e com prescrição médica. Pharmic manipula ??

Deixe sua resenha!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *