Viagem para Gramado – passo a passo para planejar sua viagem

Edu Coutinho Colunista de Entretenimento

Em tempos de fronteiras controladas, voos internacionais suspensos e uma pandemia ainda sem data para terminar, é bem possível que sua próxima viagem seja dentro do Brasil. Passar curtas temporadas em cidades próximas e tirar do papel aquele projeto sempre adiado de conhecer determinada região do país pode ser a solução para matar a saudade da estrada ainda este ano, a medida que o novo coronavírus permitir.

A Serra Gaúcha é paradeiro certo para os viajantes de plantão que gostam de desbravar destinos nacionais. Gramado, Canela, Bento Gonçalves… são lugares impressionantes que atraem inúmeros turistas. Dentre eles, o município vizinho de Canela é o mais procurado. No entanto, você sabe quais são as 5 roubadas para evitar em Gramado?

Pois é! Mesmo sendo um ponto turístico, enriquecido por atrações e paisagens naturais, tem seus elementos negativos. Para quem faz o passeio pela primeira vez, essas situações podem surpreender e deixar uma impressão ruim.

Por isso, vamos te ajudar a identificar quais são as 5 roubadas para evitar em Gramado.

 

 

1. Engarrafamento constante

Não poderíamos começar falando de outra coisa senão o engarrafamento constante nas ruas de Gramado. Em alguns momentos, parece que todos os turistas resolveram conhecer a cidade ao mesmo tempo. E levando em consideração a belíssima cidade que é, talvez seja isso mesmo.

O problema se intensifica com o número de sinais de trânsito e várias rotatórias espalhadas pela cidade. Para quem nunca foi, o trânsito pode causar bastante confusão e, sem um bom GPS, é um risco.

Ao longo da alta temporada, a quantidade de carro pode se intensificar.

Como evitar

Uma das melhores escolhas para minimizar o problema é optar pelo Bus Tour. Assim os visitantes gastam apenas com o transporte ao invés de padecer para economizar no combustível ou aluguel de carro.

O Bus Tour possibilita ótimos trajetos pelos pontos turísticos de Gramado e Canela, com paradas para conhecer histórias e tirar ótimas fotografias. Diversão garantida para toda a família!

2. Passeios caríssimos

Se você se programou com antecedência, podendo contar com bastante dinheiro para percorrer todos os pontos da cidade, ótimo. Caso contrário, os passeios caríssimos pelo centro de Gramado podem decepcionar.

Além dos passeios, há hospedagem, refeições e transporte. Portanto é imprescindível montar um bom planejamento prévio através de pesquisas sobre locais interessantes e viáveis.

Os museus, por exemplo, promovem momentos surreais. Como a possibilidade de dirigir uma Ferrari em Gramado por R$ 799,00. E este é só um exemplo. Os passeios de altíssimo custo assustam quem conhece a cidade pela primeira vez e não tem como pagá-los.

 

 

Como evitar

Elabore seu roteiro de viagem com boas opções que cabem no seu bolso. Ideias encantadoras para isso não vão faltar:

● Palácio dos festivais;

● Rua Coberta;

● Catedral de Pedra;

● Vinha Gramado;

● Parque do Lago Negro;

● Alemanha Encantada.

Vale ressaltar que em meses de alta temporada: julho, final de novembro e dezembro os preços estão ainda mais inflados. Segundo o Mala Pronta Gramado, o mês de janeiro começa a melhorar.

3. Consumo exagerado de chocolate

Imagina visitar um lugar que possui até 30 fábricas e museus de chocolate localizados na mesma cidade. Gramado é de longe uma das principais cidades brasileiras especializadas em museus de chocolate.

Com isso, os visitantes podem admirar as etapas de fabricação e ainda experimentar as delícias. O problema, por sua vez, está no consumo exagerado de chocolate, que pode não fazer muito bem ao organismo. E ninguém viaja para ficar trancado em um quarto de hotel passando mal, tendo que gastar dinheiro com remédios para ajudar na digestão. Uma das 5 roubadas para evitar em Gramado, sem dúvida.

Como evitar

Para os mais apaixonados por chocolate, que não conseguem resistir a uma barra super saborosa a dica é variar. Diversifique os alimentos que você irá apreciar em Gramado. Vá a bons restaurantes e não fique só no chocolate.

E caso fique muito difícil diminuir este consumo, visite poucas fábricas e museus.

   

4. Muito restaurante, pouco preço baixo

Trata-se do lugar mais frequentado da Serra Gaúcha, o que significa muitas filas e muitas opções. Isso não é diferente quando se fala em alimentação. Ir para um destino requer um pouco de conhecimento, um pouco de pesquisa sobre as possibilidades.

Gramado possui restaurantes para todos os gostos, gastronomia de alta qualidade e comidas típicas. No entanto, é difícil achar boas alternativas para comer bem e barato na cidade. E quem deixa para procurar na hora pode ser pego de surpresa. Uma roubada em Gramado que pode ser resolvida.

 


Como evitar

Faça uma busca por lugares bem avaliados por clientes que já estiveram nos restaurantes. Localize bons locais para comer que tenham preços justos. É possível encontrar excelentes restaurantes e lanchonetes com um valor interessante. Inclusive, aqui estão algumas dicas:

● Le Grand Burger;

● Restaurante Ita Brasil; ● Pasteleiro;

● Restaurante e Lancheria São Pedro.

5. Se empolgar com a neve

É praticamente impossível não se empolgar com a neve ao visitar a Serra Gaúcha. É verdade. Especialmente durante a estadia em Gramado. Mas então, por que este título? Bem, muitos turistas vão a cidade nutrindo o sonho de conhecer neve de verdade. Quando chegam lá, notam que a neve é totalmente artificial.

Tendo muita sorte e viajando para Gramado na época certa para isso, pode até pintar a oportunidade para vê-la caindo do céu. Mas, pode não acontecer!

Como evitar

Embora não seja um grande problema, é bom conversar com toda a família sobre o assunto. Definindo os parques de neve para visitar durante a estadia em Gramado. O mais famoso é o “Snowland”. Uma dica de ouro! Tem ótimas atrações que prometem divertir a todos.

 

Vale a pena conferir.

 

 

Gramado em janeiro: veja como aproveitar a cidade no verão gaúcho!

 

 

Tags:,

Deixe sua resenha!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *