Brows Repair: conheça o procedimento que está fazendo sucesso no universo da beleza

Edu Coutinho Colunista de Entretenimento

O procedimento consiste na reconstrução e nutrição dos fios e o objetivo é um aspecto mais natural às sobrancelhas. Confira o que diz a especialista

 

Em tempos de pandemia, a adoção do uso da máscara acaba escondendo boa parte do rosto. Nesse momento, mais do que nunca, os olhos “falam” e, por isso, os procedimentos estéticos na região acima da máscara se tornaram opções práticas para quem quer destacar o olhar e valorizar a parte aparente do rosto.

 

É neste cenário que um tratamento inovador vem ganhando cada vez mais destaque no universo da beleza: o Brows Repair. Trata-se de uma técnica de reconstrução e nutrição dos pelos das sobrancelhas. Atualmente, a tendência é deixá-las livres, as marcações muito bem feitas e o efeito superdelineado  dão lugar a um look mais natural e volumoso.

 

A maquiadora, designer de sobrancelhas e micropigmentadora Lorena Camilo, do Be Spa Urbano, explica que a tendência é inovadora aqui no Estado e que a regra do visual é naturalidade. O resultado são sobrancelhas mais cheias, grossas e nutridas, sem dor e com instruções para que a pessoa que passou pelo procedimento saiba continuar cuidando delas”, afirma a profissional.

 


Quem pode fazer

O procedimento é indicado para pessoas que tem sobrancelhas falhas, finas ou debilitadas e querem nutrir e fortalecer seus pelos, priorizando o aspecto e formato natural das suas sobrancelhas, sem precisar recorrer a uma micropigmentação. “Todas estão curtindo bastante”, destaca Lorena.

 

Para quem não tem problemas com suas sobrancelhas, mas precisa de uma mãozinha para mantê-las sempre saudável, a recomendação da profissional é que o Brows Repair seja realizado a de duas a três vezes por ano. “Está tendo muita aceitação, é um público que busca procedimentos menos invasivos e mais naturais”, acrescenta.

 

Como o procedimento é realizado

O primeiro passo para o Brows Repair é uma avaliação personalizada para a identificação de folículos pilosos – estruturas que comportam e abrigam o fio – ativos. “Após a avaliação, podemos começar as sessões, onde será implantado, por dermoabrasão (uma espécie de lixamento microcirúrgico), um composto reconstrutor com ativos e nutrientes que agem no folículo dando força para o pelo crescer”, explica a designer.

 

Para um resultado ideal, são recomendadas no mínimo quatro sessões do procedimento, mas os primeiros resultados já podem ser observados a partir do primeiro mês. De acordo com a profissional, cada sessão dura cerca de uma hora e o intervalo entre uma e outra é de 30 dias em média.

 

 

Cuidados

Segundo Lorena, é preciso estar com a pele íntegra, sem doenças dermatológicas, como psoríase ou dermatite, além de estar sem usar ácido há 30 dias. “Já após o procedimento, as recomendações são não usar henna nem sombra nas sobrancelhas e aplicar um produto home care reconstrutor diariamente”, afirma.

 

Tags:
Gilmara Sachetto de Aguilar Pacheco disse:

Muito interessante!

Deixe sua resenha!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *