As 5 vezes que Paulo Gustavo nos fez sorrir.

Edu Coutinho Colunista de Entretenimento

A morte do ator Paulo Gustavo uniu todos os públicos quando o assunto era diversão! O humorista de 42 anos estava internado há muitos dias, em decorrência da Covid-19.
Nós, da coluna Resenhando, decidimos relembrar os bons momentos do artista.

Por isso, reunimos as 5 melhores cenas de Paulo Gustavo, que nos fizeram “chorar” de rir e que deixou o país órfão de um gênio. Voa Paulo Gustavoooo!

 

Paulo Gustavo, morreu aos 42 anos e hoje resenhando se rende e homenageia o mestre do humor.

 

Estou borocoxô 🥲

Se tem uma cena icônica do saudoso Paulo Gustavo, esta, marcada pela expressão “estou borocoxô”. Aliás, eu uso esta frase com meus amigos, sempre que eles estão quietos ou tristes. Bem, durante as participações do ator no seriado ‘Vai Que Cola’, o ator costumava garantir as risadas com este gancho. Desta vez, em um episódio com o famoso ‘Ferdinando’, os dois protagonizaram um diálogo pra lá de divertido. Assista:

 


Bicherrimaaaaaa

Não tem como não lembrar do personagem “Bicherrima”, que afronta o Ferdinando, pois ele está ocupando o seu lugar. E no meio da briga ele solta: sou bicha, bicherrimaaaaaa!!! É gente, viralizou de um jeito que o personagem ganhou “vida própria” e participou de vários episódios do programa. Hilárioooo!!!

 


Hetera e conservadora

A Senhora dos Absurdos nasceu no programa 220 Volts, onde Paulo fazia vários personagens e muitos se assustam ao ver uma senhora falando barbaridades. Isso foi há cerca de 8 anos, mas a Senhora dos Absurdos está tão atual, que casa bem com o momento do país. Famosa pelo bordão: “Sou branca, hetera, conheço todos de Brasília”. Paulo arrancava risos e ainda batia de luva na alta sociedade. Amava demais! Gigante na comédia e na crítica!

 


Marcelinaaaaa

Dona Herminia é uma personagem criada por ele. Vamos deixar claro, uma homenagem para a sua mãe, Dona Déa Lúcia Vieira Amaral. Diante do sucesso de suas peças, com teatros lotados a dona Herminia virou filme, e, com sequências. Fica até difícil de escolher um momento. Então, deixo aqui uma cena para marcar e reverenciar tamanha generalidade.

 


Manda um vídeo

Uma cantora famosa, cheia de vontades, sempre sem tempo e paciência para fãs. Assim, Paulo interpretava uma cantora que não queria contato com ninguém. Em uma famosa cena, o mordomo pergunta para ela o que ela faria com uma outra cantora que estava querendo fazer um feat. A estrela, toda arrogante, responde: Aí garoto, bota um pano verde, eu gravo e você manda para ela, agradece o convite e deseja sucesso. Gente, é demais!

 

 

O Brasil perde uma mente brilhante, um humorista ágil. Não só dentro dos estúdios, mas com os amigos e família, Paulo Gustavo deixa seu marido Thales Breta, dois filhos e uma legião de fãs, que estão despedaçados com a sua partida. Pra sempre, Paulo Gustavo!

Tags:,
ANA ROCHA disse:

Parabéns Edu Coutinho por suas ter compartilhado essas ricas lembranças! O brasil chora a perda deste artista maravilhoso!

Deixe uma resposta para ANA ROCHA Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *