Dicas para cuidar da pele e dos cabelos nos dias frios

Edu Coutinho Colunista de Entretenimento

E aí resenheiros de plantão! O frio chegou e todo cuidado é pouco. Na estação mais fria do ano você precisa cuidar da pele e dos cabelos, que ressecam. Pensando nisso a coluna Resenhando trouxe os dermatologistas, Ricardo Tiussi e Monique Dalapicola, que listam os vilões e cuidados que devem ser tomados:

 

Dias frios requer cuidados com os cabelos e pele. Foto:divulgação

 

O vilão: banhos muito quentes

A água quente traz uma sensação confortável, espanta o frio e deixa o corpo aquecido. Porém, a alta temperatura acaba retirando a oleosidade natural da pele e do couro cabeludo que tem a função de proteger o tecido.

Solução: O ideal é tomar banho com água morna e não exagerar no tempo. Após, de acordo com o dermatologista Ricardo Tiussi, é importante usar hidratantes à base de ácidos graxos essenciais e com fatores naturais de hidratação, com a pele ainda úmida para melhorar a absorção.

Também são indicados hidratantes com componentes antioxidantes, como as vitaminas E, A e C. Peles oleosas necessitam das opções em forma de gel, que cumprem a função de proteger do frio e minimizar o aparecimento de cravos e espinhas. Quem tem pouco tempo, pode investir em hidratantes de banho, que são produtos capazes de aumentar a hidratação da pele.

“Mas eles são mais eficazes para pessoas com pele normal. Quem tem pele muito seca ou com doenças que tem como sintomas de desidratação importante da pele, como a dermatite atópica ou a psoríase, devem optar por hidratantes dermatológicos indicados pelo dermatologista”, orienta o especialista.

 

Ricardo Tiussi.Foto: divulgação

 


O vilão:
exagerar no uso do secador

No inverno, costuma-se exagerar no uso do secador para não sair ao ar livre com os cabelos molhados com o clima mais ameno. Porém, o calor e o uso excessivo podem danificar a estrutura capilar.

Solução: “Antes de secar o cabelo aplique um protetor térmico para proteger os fios e mantenha uma distância de pelo menos 20 centímetros do cabelo”, recomenda a dermatologista Monique Dalapicola. Por fim, para protegê-los do vento frio, que tira a umidade natural dos fios e deixa o cabelo com frizz, o uso de leave-in é imprescindível.

 

>>O vilão: lábios rachados<<

Os lábios também merecem cuidados especiais, principalmente no inverno, em que costumam ficar mais propensos ao ressecamento e com rachaduras devido ao clima seco e temperaturas mais baixas.

Solução: Beber bastante água e manter os lábios protegidos com um batom hidratante ou protetor labial. Procedimentos no consultório, como o skinbooster, que é uma hidratação injetável, também pode ser um grande aliado para manter os lábios hidratados.

“Nesse tipo de tratamento é utilizado ativos combinados, incluindo o ácido hialurônico, que é mais fluido, pois o objetivo não é preencher. Seu intuito é melhora o nível de brilho, a textura e a maciez da pele, evitando, inclusive, a desidratação. Além disso, vai atuar também como reparador, devido à estimulação da proliferação celular”, afirma Monique.

 

>>O vilão: unhas quebradiças<<

Água quente e o uso de sapatos fechados também afetam unhas e cutículas, deixando-as mais ressecadas e quebradiças.

Solução: A dica é passar produtos próprios nas unhas e cutículas fazendo uma massagem na região para o produto ser bem absorvido.

“Também é interessante ficar sem esmalte por uns dias e, antes de pintar as unhas, utilizar um fortalecedor de unhas com agentes hidratantes”, esclarece Monique.

 

Monique Dalapicola.Foto: divulgação


>>O vilão: Não esfoliar a pele<<

A esfoliação é importante para a pele oleosa e também para as peles negras, que tendem a adquirir aspecto acinzentado ou esbranquiçado durante o processo de renovação celular.

Solução: A esfoliação pode ser feita em casa, uma vez por semana, com produto próprio para essa finalidade e adequado ao tipo de pele. Ao remover as células antigas, a pele fica preparada para uma hidratação homogênea.

 

Nos dias frios, a pele também deve ser cuidada. Foto: divulgação

 

>>O vilão: Não usar filtro solar<<

Mesmo nos dias nublados e com chuva, o protetor solar é essencial, principalmente, para pessoas com peles com melasma, tipo de mancha amarronzada que atinge, principalmente, bochechas e buço, e com manchas.

“A radiação existe mesmo nos dias nublados e estimula a produção de melanina, agravando a situação do melasma. Conta até mesmo aquela pouca quantidade de sol que pegamos ao andar na rua no dia a dia, ou aqueles raios que passam pelo vidro das janelas.

Também a luz visível, seja do sol ou emitida por lâmpadas, é prejudicial”

Solução: De acordo com Ricardo, deve-se usar o filtro solar todos os dias e retocar, de 3 em 3 horas. Os com base incrementam a proteção de peles manchadas e com melasma.

 

É isso ai resenheiros, cuidado com a pele e cabelos para passar o frio de bem com a vida! 🫠🫶🏽

 

Tags:, , ,

Deixe sua resenha!

O seu endereço de e-mail não será publicado.