Fora de combate, clubes rejeitam tecnologia do VAR

Entra ano, sai ano e a reclamação é a mesma, a falta de qualidade dos árbitros brasileiros.

Quando os clubes tem a possibilidade de mudar a história, eles recuam.

Por quais motivos? Falta de recurso? Que desculpinha mais horrorosa.

Será que o investimento no árbitro de vídeo não seria o avanço para conseguir aumentar as receitas? Ou será que as mudanças de resultados não são benéficas?

A verdade é que, dos 20 clubes que hoje estão na serie A do Brasileirão, apenas sete demonstraram interesse na mudança.

12 foram contra, e por incrível que pareça, o São Paulo ficou no muro.

Um custo de 40 a 50 mil reais por jogo, não é nada diante de possíveis erros humanos.

Veja a lista de quem vetou, registre e depois fiscalizem as reclamações.

foto da publicação Diário AS

Corinthians – Campeão Brasileiro 2017
Santos – terceiro colocado brasileirão 2017
América-MG – subiu da serie B
Cruzeiro – Campeão da Copa do Brasil 2017
Atlético-MG – 9º colocado brasileirão 2017
Atlético-PR – 11º colocado
Paraná  – subiu da serie B
Vasco – 7º colocado
Fluminense – 14º colocado
Sport – 15º colocado
Vitória – 16º colocado
Ceará  – subiu da serie B

Abs. da equipe Dividida FC

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *