As traições regionais

Sem dúvida, quando falamos dos campeonatos estaduais, falamos de torneios com pouca expressão técnica, pouco retorno financeiro e muita dor de cabeça.

Já estamos chegando no mês de março e nada desses campeonatos acabarem.

Não é possível que os dirigentes dos grandes times não percebem o tamanho do problema que os estaduais apresentam.

Projetos de longo prazo, acabam por derrotas sem expressão. O clássico, único atrativo dessas competições, perde forças ou até acaba com técnicos desempregados.

Vejam como foi o último fim de semana de futebol pelo Brasil.

Em São Paulo, dos grandes, apenas o Palmeiras venceu. Foi três a zero e teve gente dizendo que o time não foi bem. Não foi? Veja a situação dos rivais: Corinthians e São Paulo, perderam, Santos empatou.

No Rio, os grandes avançaram para a fase final da taça Rio, mas nem vamos tentar explicar esse regulamento. O prejuízo ficou pro Botafogo, já que perdeu o João Paulo por muito tempo.

No Sul, a situação no Grenal é triste para a parte colorada. Foram dois jogos nessa temporada, e na somatório, o Grêmio venceu as duas, 5 a 1.

Em Minas, Cruzeiro e Atlético seguem fazendo sua parte, mas a semifinal pode ser traiçoeira.

Aqui no Estado, Serra e Espírito Santo, que entraram na semi como favoritos, foram derrotados, e agora vão ter que jogar muita bola para avançar.

Enfim, acaba logo estaduais, vocês estão fazendo os torcedores sofrerem.

Hoje tem Dividida FC no facebook do Folha Vitória, às 16hs, a gente te espera.

Abs.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *