• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Barcelona para na trave e fica no 0 a 0 com o Espanyol

Esportes

Barcelona para na trave e fica no 0 a 0 com o Espanyol

Barcelona - Se na quarta-feira o Barcelona colocou cinco bolas na trave, mas mesmo assim marcou quatro gols sobre o Betis, neste sábado o time de Luis Enrique não teve a mesma sorte. Foram duas bolas no pau, nenhuma na rede, e o Barça ficou num frustrante empate em 0 a 0 com o Espanyol, no dérbi catalão, em jogo válido pela 18.ª rodada do Campeonato Espanhol, na casa do Espanyol.

O resultado pode tirar o Barcelona da liderança ao fim da rodada. A equipe catalã foi a 39 pontos, enquanto o Atlético de Madrid, com 38, recebe o lanterna Levante e tem tudo para tomar a ponta. O Real Madrid, com 36, visita o Valencia no domingo e, por conta do confronto direto, não pode passar o Barça ainda. Com 21 pontos, o Espanyol é o 11.º.

A equipe titular do Barcelona não passava em branco desde a derrota por 4 a 0 para o Athletic Bilbao na primeira partida da decisão da Supercopa da Espanha do ano passado, em agosto. Depois, em outubro, o time reserva do Barça ficou no empate sem gols com o Villanovense pela Copa do Rei.

Por esse torneio, aliás, Barcelona e Espanyol voltam a se enfrentar já na próxima quarta-feira, desta vez no Camp Nou. A volta deste confronto será no dia 13. Nesse meio tempo, sábado, o Barcelona recebe o Granada pelo Espanhol.

No jogo deste sábado, o Barcelona, como sempre, foi melhor, mas o Espanyol soube não apenas aceitar as investidas do rival e também criou algumas oportunidades. Na melhor delas, Busquets tirou praticamente em cima da linha.

O Barça criou as melhores oportunidades. Aos 18 minutos do primeiro tempo, após uma linda tabela entre Messi e Neymar, o brasileiro cruzou e Suárez não conseguiu alcançar. Aos 36, Messi bateu falta no contrapé do goleiro e mandou na junção entre a trave e o travessão.

Na segunda etapa, a melhor chance foi de Suárez, que fintou o goleiro e o zagueiro e, a um passo do gol, bateu de esquerda e carimbou a trave. No último minuto, Messi bateu mais uma falta perigosa, com o goleiro batido, mas desta vez a bola passou raspando a trave.