• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após Murray, Kerber também é eliminada por zebra em Melbourne

  • COMPARTILHE
Esportes

Após Murray, Kerber também é eliminada por zebra em Melbourne

Melbourne - Assim como aconteceu com Andy Murray, mais cedo, a líder do ranking feminino do tênis também foi eliminada do Aberto da Austrália, neste domingo, por uma zebra. A alemã Angelique Kerber entrou em quadra como ampla favorita contra a norte-americana Coco Vandeweghe e saiu de lá derrotada em dois sets, com parciais de 6/2 e 6/3, após apenas uma hora oito minutos de partida.

A eliminação precoce, nas oitavas de final, coloca em risco a liderança do ranking mundial. Kerber vai ficar com 7.115 pontos e será ultrapassada se a norte-americana Serena Williams, segunda colocada, for a campeã. Se repetir o vice-campeonato do ano passado, quando perdeu exatamente para Kerber, Serena só encosta, com 7.080.

De qualquer forma, a alemã não vem justificando o posto de melhor do mundo. Este ano, perdeu da ucraniana Elina Svitolina (14.ª do mundo) nas quartas de final de Brisbane e da russa Daria Kasatkina (26.ª) na segunda rodada do Torneio de Sydney, também na Austrália. Uma péssima prévia para o Aberto da Austrália, onde fora campeã no ano passado.

Neste domingo, nem parecia que Kerber é quem lidera o ranking mundial. Vandeweghe, de 26 anos, tenista que só uma vez passou da primeira rodada em Melbourne - caiu na terceira fase em 2015 -, dominou as ações contra a alemã, quebrando o saque dela no sexto e no oitavo games do primeiro set.

Kerber reagiu com uma quebra logo no primeiro game do segundo set, mas levou o troco no sexto. A partir dali, não conseguiu mais jogar. Saiu de uma vantagem de 3/1 para uma derrota por 6/3.

No fim do jogo, as estatísticas mostraram seis aces para a norte-americana contra nenhum de Kerber. Também 30 winners da vencedora, enquanto a alemã acertou apenas sete bolas decisivas.

Nas quartas de final, a norte-americana encara a espanhola Garbiñe Muguruza, sétima do ranking mundial, que passou com tranquilidade pela romena Sorana Cirstea (78.ª) por 2 a 0 (6/2 e 6/3). Muguruza nunca havia chegado tão longe no Aberto da Austrália e vira ao menos a quarta do ranking se chegar à semifinal.

No mesmo lado da chave, a outra partida de quartas de final terá Venus Williams contra Anastasia Pavlyuchenkova. A norte-americana, vice-campeã em 2013 e atualmente a 17.ª do mundo, eliminou neste domingo a alemã Mona Barthel, surpresa desta edição, apenas a 181.ª do ranking. O jogo foi decidido em sets diretos, com parciais de 6/3 e 5/7.

Já Anastasia Pavlyuchenkova venceu um duelo de russas contra a número 8 do mundo Svetlana Kuznetsova, com duplo 6/3. Atualmente no 27.º lugar, Pavlyuchenkova só entra no Top 20 se vencer Venus.