• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Rodada da Copa do Brasil tem 16 jogos nesta quarta-feira. Veja quais!

  • COMPARTILHE
Esportes

Rodada da Copa do Brasil tem 16 jogos nesta quarta-feira. Veja quais!

A 30ª edição da competição contará com 91 equipes, novo regulamento e terá a maior premiação de um torneio de clubes na América do Sul em 2018

Nesta quarta acontecem vários jogos Foto: CBF

São Paulo - O Internacional estreia na Copa do Brasil nesta quarta-feira com o peso de começar a temporada com o pé direito. Recém-promovido da Série B do Campeonato Brasileiro, o clube ainda não conseguiu engatar uma sequência de bons resultados no Campeonato Gaúcho e ainda sofre com a desconfiança da torcida. Jogando pelo empate, o elenco do técnico Odair Hellman enfrenta o Boavista-RJ, às 19h30, no estádio Regional, em Cascavel (PR).

Para o Internacional, a primeira fase ainda significa um fracasso na última temporada. Isso porque o América-MG, campeão da Série B, entra direto nas oitavas de final da competição. O clube gaúcho deixou o título escapar nas últimas rodadas e terminou apenas dois pontos atrás dos mineiros. De qualquer forma, conseguiu reconquistar a sua vaga na elite do futebol nacional e agora luta, desde o início, para buscar um título de expressão.

Ainda em 2017, o Internacional chegou muito perto de fazer história na Copa do Brasil. Eliminou Princesa dos Solimões-AM, Oeste-SP, Sampaio Corrêa-MA e Corinthians. Caiu nas oitavas de final para o Palmeiras nas cobranças de pênaltis. Agora contra o Boavista, na primeira fase de 2018, o clube joga apenas por um empate no Paraná. Para o time do Rio de Janeiro, que vendeu o mando de campo, resta lutar por uma vitória.

VENDA DE MANDO

Quem também vendeu o mando de campo foi o Madureira. Para enfrentar o São Paulo, às 21h45, o clube decidiu usar o estádio do Café, em Londrina (PR). Já a Caldense, um dos clubes mais tradicionais de Minas Gerais, recebe o Fluminense, às 19h30, no seu próprio estádio, o Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas (MG).

Serão 40 jogos nesta primeira fase, 16 deles nesta quarta-feira, com a vantagem dos visitantes jogarem pelo empate para se classificar.

Representantes do futebol paulista, o Bragantino joga contra o Nova Iguaçu-RJ no estádio Jânio Moraes, às 16 horas, em Nova Iguaçu (RJ). O time paulista vai entrar em campo com um time praticamente reserva, por priorizar a sua manutenção na elite do futebol de São Paulo.

Também fora de casa, o Ituano enfrenta o Uberlândia no estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG), às 20h30. Oeste, Ponte Preta, Internacional (Limeira) e São Caetano jogam na próxima semana.

A Copa do Brasil de 2018 tem duas novidades importantes em relação às últimas edições: não existe mais gol qualificado, popularmente conhecido como gol fora de casa, como critério de desempate - vale para todas as fases da competição até a final. A premiação também cresceu: agora são mais de R$ 50 milhões ao grande campeão e R$ 20 milhões para o vice.

Confira os jogos desta quarta-feira pela 1.ª fase da Copa do Brasil:

16 horas

Nova Iguaçu-RJ x Bragantino-SP

19h30

Boavista-RJ x Internacional-RS

Caldense-MG x Fluminense-RJ

20 horas

Aimoré-RS x Cuiabá-MT

Tubarão-SC x América-RN

20h30

Uberlândia-MG x Ituano-SP

21h30

Cordino-MA x Náutico-PE

Floresta-CE x Botafogo-PB

Independente-PA x Sampaio Corrêa-MA

Interporto-TO x Juventude-RS

Itabaiana-SE x Joinville-SC

Novoperário-MS x Salgueiro-PE

Treze-PB x Figueirense-SC

21h45

Madureira-RJ x São Paulo-SP

22 horas

Ariquemes-RO x Londrina-PR

22h30

Fluminense-BA x Santa Cruz-PE

Premiação

A partir dessa edição, a grande mudança no regulamento está no gol qualificado (fora de casa), que deixará se der utilizado como critério de desempate pela primeira vez, desde 1989. Nos últimos anos, o gol qualificado só não está sendo usado nas finais. Outra novidade no regulamento do torneio de 2018 está na data limite para a inscrição de jogadores, que foi ampliada do dia 24 de abril (em 2017) para 30 de julho, antes do início das quartas de final. No ano passado, o Flamengo, finalista, não pode contar com reforços com Éverton Ribeiro e o goleiro Diego Alves na reta final da competição.

Mas a grande novididade na Copa do Brasil está na premiação, a maior em qualquer torneio de clubes na América do Sul em 2018. A partir dessa edição, a CBF irá dar ao campeão R$ 50 milhões só de prêmio pela conquista. Contando as cotas de participação nas fases anteriores, o time vencedor poderá ficar com até R$ 68,7 milhões. Quase quatro vezes o valor recebido pelo Corinthians, campeão brasileiro de 2017 — R$ 18 milhões. O vice-campeão da Copa do Brasil 2018 ganhará R$ 20 milhões.

Nas primeiras fases, os clubes receberão suas cotas pela participação em cada fase e também de acordo com os grupos onde estão classificados pela CBF. No Grupo 1, estão os clubes classificados até a 90ª posição no ranking da CBF. No Grupo 2, os times entre a 91ª e 180ª posição. Já no Grupo 3, equipes que ficarão abaixo do 181º lugar no ranking divulgado em dezembro de 2017.

Cotas de premiação na Copa do Brasil 2018:

Campeão: R$ 50 milhões

Vice: R$ 20 milhões

Semifinal: R$ 6,5 milhões

Quartas de final: R$ 3 milhões

Oitavas de final: R$ 2,4 milhões

Quarta fase: R$ 1,8 milhão

Terceira fase: R$ 1,4 milhão

Segunda fase: R$ 1,2 milhão (G1), R$ 950 mil (G2), R$ 600 mil (G3)

Primeira fase: R$ 1 milhão (G1), R$ 880 mil (G2), R$ 500 mil (G3)

O crescimento na premiação do Copa do Brasil 2018 ao campeão quase seis maior do que o da última edição em 2017 e mais de 15 vezes o valor pago ao campeão de 2012, no início da década. Na América do Sul, a Libertadores pagou ao Grêmio, campeão de 2017, R$ 24,7 milhões.

Premiação ao campeão da Copa do Brasil nos últimos anos:

2012: R$ 4,2 milhões (6 fases)

2013: R$ 6 milhões (7 fases)

2014: R$ 6,2 milhões (7 fases)

2015: R$ 8 milhões (7 fases)

2016: R$ 10,7 milhões (7 fases)

2017: R$ 13,3 milhões (7 fases)

2018: R$ 68,7 milhões (8 fases)

Clubes com mais títulos da Copa do Brasil:

5 - Cruzeiro e Grêmio

3 - Corinthians, Flamengo e Palmeiras

1 - Atlético-MG, Criciúma, Fluminense, Internacional, Juventude, Paulista, Santo André, Santos, Sport e Vasco

Todos os campeões e vices da Copa do Brasil:

1989 - Grêmio (campeão), Sport (vice)

1990 - Flamengo (campeão), Goiás (vice)

1991 - Criciúma (campeão), Grêmio (vice)

1992 - Internacional (campeão), Fluminense (vice)

1993 - Cruzeiro (campeão), Grêmio (vice)

1994 - Grêmio (campeão), Ceará (vice)

1995 - Corinthians (campeão), Grêmio (vice)

1996 - Cruzeiro (campeão), Palmeiras (vice)

1997 - Grêmio (campeão), Flamengo (vice)

1998 - Palmeiras (campeão), Cruzeiro (vice)

1999 - Juventude (campeão), Botafogo (vice)

2000 - Cruzeiro (campeão), São Paulo (vice)

2001 - Grêmio (campeão), Corinthians (vice)

2002 - Corinthians (campeão), Brasiliense-DF (vice)

2003 - Cruzeiro (campeão), Flamengo (vice)

2004 - Santo André (campeão), Flamengo (vice)

2005 - Paulista (campeão), Fluminense (vice)

2006 - Flamengo (campeão), Vasco (vice)

2007 - Fluminense (campeão), Figueirense (vice)

2008 - Sport (campeão), Corinthians (vice)

2009 - Corinthians (campeão), Internacional (vice)

2010 - Santos (campeão), Vitória (vice)

2011 - Vasco (campeão), Coritiba (vice)

2012 - Palmeiras (campeão), Coritiba (vice)

2013 - Flamengo (campeão), Atlético-PR (vice)

2014 - Atlético-MG (campeão), Cruzeiro (vice)

2015 - Palmeiras (campeão), Santos (vice)

2016 - Grêmio (campeão), Atlético-MG (vice)

2017 - Cruzeiro (campeão), Flamengo (vice)