• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após perder clássico, Oswaldo de Oliveira se irrita com a cobrança sobre Dudu

  • COMPARTILHE
Esportes

Após perder clássico, Oswaldo de Oliveira se irrita com a cobrança sobre Dudu

São Paulo - O técnico Oswaldo de Oliveira tentou demonstrar frieza, mas a derrota para o Corinthians por 1 a 0 parece ter mexido com o treinador do Palmeiras. Ao final da partida, neste domingo, ele se exaltou em determinados momentos da entrevista coletiva e culpou a falta de entrosamento pelo resultado negativo no Allianz Parque.

"Claro que o Corinthians tem jogadores entrosados e que em um momento como esse, faz a diferença. Em que pese alguns jogadores não terem jogado, mas quem entrou é titular em qualquer time do Brasil. Isso faz a diferença neste momento", disse Oswaldo de Oliveira.

O comandante palmeirense mostrou irritação quando questionado sobre o motivo de ter deixado Dudu no banco de reservas. "Se eu não colocar o jogador para iniciar a partida, tenho motivo. Ele jogou 90 minutos na quinta-feira (contra a Ponte Preta) e não chegou no mesmo dia que os demais atletas. Estou estranhando essa coisa essa em cima do Dudu. Se estou trabalhando e vendo, respeitem a minha opinião", disparou.

Responsável pela falha que culminou no gol do Corinthians, o zagueiro Vitor Hugo deixou o estádio sem dar entrevistas e visivelmente abalado. Oswaldo de Oliveira fez questão de defender o zagueiro e não deixou ele pedir desculpas. "Ele tentou se desculpar com o grupo, mas eu interferi. Todo mundo é passível ao erro. Ele ficou abatido porque estava fazendo uma boa partida", comentou.

O lateral-esquerdo Zé Roberto adotou um discurso mais equilibrado e ressaltou a dificuldade do time em tocar a bola. "Faltou paciência. Ainda mais quando eles ficaram com um a menos. Agora temos de trabalhar para o próximo jogo. As derrotas servem de parâmetro para a gente ver o que precisamos corrigir nos próximos jogos".

Além da derrota para o rival, outra notícia deixou muitos torcedores chateados neste domingo. Sem cerimônias, Oswaldo de Oliveira deixou claro que não deve inscrever o garoto Gabriel Jesus, de 17 anos, no torneio. "Provavelmente não será inscrito. Com o limite de 28 inscritos para o Campeonato Paulista, dificilmente eu terei chance de utilizá-lo", explicou.