• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após reunião, Muricy muda titulares do São Paulo

Esportes

Após reunião, Muricy muda titulares do São Paulo

São Paulo - O primeiro treino do elenco completo do São Paulo depois da derrota por 2 a 0 para o Corinthians teve uma programação diferente e novidades na formação. A atividade atrasou meia hora para começar enquanto o grupo estava reunido com o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, e o técnico Muricy Ramalho.

Depois, o treinador indicou as saídas do volante Maicon, do meia Paulo Henrique Ganso e do atacante Alan Kardec para os próximos jogos da equipe, que recebe no Morumbi o Audax, sábado, pelo Campeonato Paulista, e na quarta-feira o Danubio, pela Libertadores.

Muricy costuma liberar o elenco para um treino recreativo na véspera das partidas. Mas decidiu armar uma atividade tática durante aproximadamente uma hora entre os prováveis titulares diante do elenco reserva. Nesse trabalho, Ganso e Kardec não participaram e cumpriram atividade em campo separado junto com jogadores como Antonio Carlos e Rodrigo Caio, que aprimoram a parte física.

O time titular da atividade teve: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson, Souza, Thiago Mendes e Michel Bastos; Alexandre Pato e Luis Fabiano. Dos titulares que perderam para o Corinthians, na última quarta, o volante Maicon dá lugar a Reinaldo, que entra na lateral-esquerda e deixa Michel Bastos no meio-campo. Kardec deve ser substituído por Alexandre Pato e Thiago Mendes herda a vaga de Ganso.

No treino tático, os reservas atuaram no esquema tático 3-5-2, alinhado com os seguintes jogadores: Denis; Lucão, Paulo Miranda e Edson Silva; Auro, Hudson, Maicon, Centurión e Boschilia; Ademilson e Ewandro.

Mesmo com a boa estreia e as atuações positivas nos treinos, o meia Centurión ainda não pode enfrentar a equipe uruguaia para cumprir o segundo jogo de suspensão por ter sido expulso na Copa Sul-Americana do ano passado, quando ainda defendia o Racing, da Argentina.