• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após tropeços, Vasco e Fluminense travam 1º clássico do Carioca de 2015

  • COMPARTILHE
Esportes

Após tropeços, Vasco e Fluminense travam 1º clássico do Carioca de 2015

A partida, válida pela sexta rodada, vai ser realizada no estádio do Engenhão e não no Maracanã por causa de um imbróglio que começou com o retorno de Eurico Miranda à presidência vascaína

Partida será realizada no Engenhão Foto: Divulgação

Rio - Fluminense e Vasco realizam neste domingo, às 18h30, o primeiro clássico desta edição do Campeonato Carioca. Ambos os times tropeçaram na última rodada e vencer a partida vai dar um ânimo a mais para recuperar o ritmo na competição.

Pelo lado do Vasco, Doriva admitiu que o time precisa vencer para sair da pressão. "Seria uma vitória que moraliza, que dá confiança, que tranquiliza", considerou. O técnico também justificou as mudanças na formação. Ao todo foram cinco em relação ao time que empatou com o Barra Mansa na última rodada.

"Algumas mudanças são necessárias porque perdemos Bernardo, e não sabemos se vamos contar com o Montoya. Outras achamos interessante pela maneira que joga o adversário. É um jogo dificílimo, temos de criar situações que possam beneficiar", afirmou Doriva.

Até a derrota para o Volta Redonda na última rodada o Fluminense ostentava uma campanha perfeita na competição, mas teve uma queda significativa na tabela. Em razão disso, o técnico Cristóvão Borges também deve promover mudanças no time. Porém, ele manteve o mistério sobre a formação que vai usar. "Estou treinando alternativas. Vasco também tem indefinições. Vamos ver a forma que vão jogar, aí decidimos em cima disso."

A partida, válida pela sexta rodada, vai ser realizada no estádio do Engenhão e não no Maracanã por causa de um imbróglio que começou com o retorno de Eurico Miranda à presidência vascaína.

Eurico reivindica que a torcida do Vasco fique no setor à direita das cabines de imprensa. Mas, por contrato, a torcida do Fluminense tem direito de ocupar o local. Enquanto as partes não entram em acordo, os clássicos entre eles não será realizado no Maracanã.

O técnico do Fluminense lamentou não poder jogar no principal palco carioca. "Mas se perguntar a todos que gostam de futebol, todos vão dizer que querem jogar no melhor lugar, no melhor palco. Tem que jogar no Maracanã. Falta bom senso. Ficamos para trás. Vamos tomar de sete e continuar falando."