• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após um mês parado, Federer estreia em Dubai e atropela Youzhny

Esportes

Após um mês parado, Federer estreia em Dubai e atropela Youzhny

Dubai - O suíço Roger Federer vinha de exatamente um mês parado, mas a falta de ritmo não impediu que ele mostrasse toda sua qualidade e passeasse em quadra nesta segunda-feira. Na estreia do Torneio de Dubai, o número 2 do mundo não teve qualquer trabalho para despachar o freguês Mikhail Youzhny por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1, e impor a 16.ª derrota ao russo em 16 duelos entre eles.

Federer precisou de somente 56 minutos para garantir vaga na segunda rodada do torneio nos Emirados Árabes Unidos, disputado em quadras duras. A última vez que ele havia entrado em quadra tinha sido ainda no Aberto da Austrália, quando foi surpreendido pelo italiano Andreas Seppi na terceira rodada.

Mas desta vez Federer não deu qualquer espaço para uma possível surpresa. Foram oito aces para o suíço, que aproveitou quatro das sete oportunidades de quebra que teve para garantir o resultado positivo. Em dia inspirado no serviço, venceu 83% dos pontos em que acertou o primeiro saque e sequer cedeu break points ao adversário.

Agora, Federer espera para conhecer seu próximo adversário, que sairá do duelo de espanhóis entre Fernando Verdasco e Guillermo Garcia-Lopez. Seja contra quem for, o suíço também entrará total vantagem no retrospecto. Ele tem três vitórias em três duelos com Garcia-Lopez, enquanto venceu os cinco jogos que fez contra Verdasco.

Se Federer passeou, o cabeça de chave número 5, o letão Ernests Gulbis foi surpreendido nesta segunda-feira e acabou eliminado logo na estreia. Ele caiu por 2 sets a 0 diante do usbeque Denis Istomin, 65.º do mundo, com parciais de 7/5 e 6/2. Agora, Istomin duelará com o vencedor do confronto entre Lukas Rosol e Sergiy Stakhovsky.

Nas outras partidas já encerradas do dia em Dubai, o casaque Andrey Golubev passou pelo francês Fabrice Martin por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4. Já o português João Sousa atropelou o irlandês James McGee também em dois sets: 6/1 e 6/2.