• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Flamengo vence, mas leva gol no fim e desperdiça chance de eliminar jogo de volta

Esportes

Flamengo vence, mas leva gol no fim e desperdiça chance de eliminar jogo de volta

Rio - Trinta anos depois de ser batido pelo Brasil de Pelotas por 2 a 0, o Flamengo voltou à casa do adversário na noite desta quarta-feira e venceu o confronto por 2 a 1. Em busca de seu quarto título da Copa do Brasil, o rubro-negro carioca estreou com autoridade na competição, mas não impediu o jogo de volta, dia 18 de março, no Rio. Se conseguisse uma diferença de dois ou mais gols evitaria a nova partida. O Brasil perdia por 2 a 0 e fez o seu gol aos 47 minutos do segundo tempo.

Leonardo Moura atuou desde o início, completou 517 partidas com a camisa do Flamengo, e já foi confirmado novamente no clássico de domingo, contra o Botafogo, pelo Campeonato Carioca. A diretoria do Flamengo marcou para a próxima quarta-feira, contra o Nacional, do Uruguai, no Maracanã, o jogo que vai marcar a despedida oficial de Leo do clube, após um "casamento" de 10 anos. O lateral está se transferindo para o futebol dos Estados Unidos.

Numa noite de festa em Pelotas, bem que o Brasil começou disposto a repetir a façanha das quartas de final do Campeonato Brasileiro de 1985. Com o apoio de sua apaixonada torcida, pressionou o time carioca e dominou o jogo até a metade do primeiro tempo. Mas a equipe errou muito nas finalizações. Em duas cobranças de falta próximas à área, Rafael isolou a bola. Em outras oportunidades, Nena e Alex chutaram por cima da trave.

Aos poucos, o Flamengo se ajeitou e passou a tocar a bola com rapidez em busca do gol. O time carioca não contava, porém, com o presente do zagueiro Ricardo, aos 29 minutos de partida. Ao tentar atrasar a bola, de cabeça, para o goleiro Eduardo Martini, o defensor praticamente deu um passe para Alecsandro ficar livre e não desperdiçar a chance. O gol do Flamengo silenciou o estádio.

No segundo tempo, o Flamengo se impôs e foi melhor. O Brasil, assustado, recuou com receio de levar o segundo gol e ser eliminado logo na estreia da Copa do Brasil e diante de sua torcida. Num outro erro do mandante, uma falha do goleiro Eduardo Martini, o Fla ampliou num chute de fora da área de Pará, que atuou na lateral esquerda. Os flamenguistas já comemoravam a classificação para a segunda fase quando Nena, de cabeça, marcou para o Brasil e garantiu ao time de Pelotas uma viagem ao Rio, onde os dois times voltarão a jogar no dia 18 de março, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS 1 X 2 FLAMENGO

BRASIL DE PELOTAS - Eduardo Martini; Wender (Galiardo), Ricardo, Fernando e Rafael; Leandro Leite, Washington, Felipe e Márcio (Diogo); Alex Amado (Cleiton) e Nena. Técnico - Rogério Zimermann.

FLAMENGO - Paulo Victor; Leonardo Moura, Wallace, Samir e Pará; Cáceres (Jonas), Canteros, Márcio Araújo e Eduardo da Silva (Arthur Maia); Alecsandro (Luiz Antônio) e Marcelo Cirino. Técnico - Vanderlei Luxemburgo.

GOLS - Alecsandro, aos 29 minutos do primeiro tempo; Pará, aos 29, e Nena, aos 47 do segundo.

ÁRBITRO - Vinícius Furlan (SP).

CARTÕES AMARELOS - Wallace, Nena, Eduardo da Silva, Galiardo e Pará.

PÚBLICO E RENDA - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).