• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Apresentado, Dourado evita falar do Flu e promete 'deixar sua marca' no Flamengo

  • COMPARTILHE
Esportes

Apresentado, Dourado evita falar do Flu e promete 'deixar sua marca' no Flamengo

Rio - Depois de ser anunciado oficialmente como reforço do Flamengo, o centroavante Henrique Dourado, o Ceifador, foi apresentado no clube carioca no final da tarde desta quinta-feira. Ao lado do presidente do clube, Eduardo Bandeira de Melo, e do diretor de futebol, Rodrigo Caetano, o centroavante, que assinou contrato até o final de 2021, exaltou o carinho que recebeu de todos em sua chegada, evitou falar sobre os problemas que o fizeram deixar o Fluminense e prometeu deixar a sua marca no time rubro-negro.

Artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2017 pelo Fluminense, com os mesmos 18 gols de Jô, do Corinthians, Henrique Dourado já foi registrado pelo Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e chega com moral no Flamengo. O novo camisa 19 vem para ser titular na vaga do peruano Guerrero, suspenso por doping até maio, e assumir o papel de uma das referências da equipe rubro-negra.

"Eu quero sempre desafiar os meus limites. O projeto do Flamengo é algo que eu quero com muito afinco. Quero deixar a minha marca e comemorar com a Nação", comentou o atacante. "Logo que o Flamengo fez o anúncio, meu celular não parou. Acabou até a bateria. Quero agradecer à torcida, que me recebeu de uma forma especial. Quero retribuir todo esse carinho dentro de campo".

Com Guerrero fora pelo menos até maio, Henrique Dourado disse estar pronto para corresponder às expectativas e fez questão de elogiar o atacante peruano. "Jogador de altíssimo nível. Chego para ajudar. Torço para que ele volte. Quanto mais qualidade, mas longe vamos chegar".

O terceiro reforço do Flamengo para esta temporada - o atacante colombiano Marlos Moreno e o goleiro Julio Cesar são as outras novidades para 2018 - foi alvo de outros clubes e ficou perto de reforçar o Corinthians, mas optou pela Gávea. "Na nossa vida profissional e pessoal, as coisas acontecem no momento certo. Se hoje estou aqui, venho um jogador muito mais maduro, com mais experiência e chego para agregar. Quero desempenhar o meu papel, assim como fiz nos outros clubes".

Rodrigo Caetano disse que não há nenhum tipo de planejamento para a estreia do novo reforço já neste domingo contra o Nova Iguaçu, em Brasília. Como já está regularizado, o centroavante especialista em cobrança de pênaltis já pode entrar em campo, mas, apesar de dizer que está bem fisicamente, ainda não deve ser já nesta rodada do Campeonato Carioca que a torcida o verá em campo com a camisa do Flamengo. "Eu vinha treinando. Agora é conversar com a comissão. Hoje (quinta-feira) fiz testes físicos. Nos próximos dias vou me enquadrar dentro dos treinamentos e depois vamos ver o melhor dia para a estreia", ponderou.

Revelado pelo Flamengo, de Guarulhos (SP), clube que lembrou na entrevista para fazer um paralelo com o homônimo carioca, Henrique Dourado viveu o melhor ano de sua carreira em 2017. Foram 32 gols em 59 jogos (média de 0,54 por jogo), além de sete assistências. "Quero fazer o gesto (de ceifar) quando sair o gol. Deixa as coisas acontecerem naturalmente", concluiu.