• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Arrascaeta marca de voleio, Cruzeiro vence América e se isola na ponta do Mineiro

  • COMPARTILHE
Esportes

Arrascaeta marca de voleio, Cruzeiro vence América e se isola na ponta do Mineiro

São Paulo - Em jogo equilibrado, o Cruzeiro contou com um golaço de voleio do uruguaio Arrascaeta para vencer o clássico regional contra o América-MG neste domingo, diante de mais de 50 mil torcedores presentes do Mineirão, em Belo Horizonte. A vitória, válida pela quinta rodada do Campeonato Mineiro, distancia o Cruzeiro dos rivais na tabela.

Cruzeiro e América-MG estavam empatados na ponta da tabela. Com a vitória, a equipe celeste foi a 13 pontos e se isolou na liderança do Estadual. Antes dividindo a ponta, o América, que parou nos dez pontos, pode até perder a segunda posição se o URT vencer o Atlético-MG no fechamento da rodada.

Os primeiros 45 minutos no Mineirão, lotado pela torcida cruzeirense, careceu de bons lances. As duas equipes, especialmente o Cruzeiro, até tiveram algumas chances de abrir o placar, mas erraram muitos passes e pecaram na finalização. Arrascaeta, duas vezes, foi quem chegou mais próximo de balançar as redes.

A postura do América foi de se retrair e sair no contra-ataque quando possível. O problema foi que o time de Enderson Moreira não conseguiu encaixar um bom contragolpe sequer e precisou se defender bem para descer ao vestiário sem tomar gol.

O time do técnico Mano Menezes encontrou nas laterais a principal forma de chegar ao ataque, mas tanto Egídio como Edilson, novos laterais para esta temporada, chegavam com facilidade no apoio mas cruzavam mal demais. Em uma das poucas vezes que Egídio acertou, Arrascaeta cabeceou para fora no final do primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o América melhorou e equilibrou a partida, tendo, inclusive, a melhor chance do jogo até então com David. O volante acertou belo chute em cobrança de falta, mas o goleiro Fábio se esticou e fez bela defesa. O equilíbrio durou pouco e o Cruzeiro passou a dominar o segundo tempo.

Com a bola no chão, a equipe começou a acertar mais passes e só não abriu o placar logo na primeira parte da segunda etapa porque o goleiro João Ricardo apareceu mais duas vezes para salvar o América, nas finalizações de Fred e Rafinha.

Se errou muito na primeira etapa, Edilson se redimiu aos 23 minutos da etapa final, quando deu belo cruzamento para Arrascaeta marcar um golaço de voleio que acertou o ângulo direito do goleiro. Depois do gol, o Cruzeiro teve tranquilidade e conseguiu administrar a pequena vantagem para sair de campo com os três pontos e se isolar na liderança do Estadual.