• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dorival assume culpa por derrota e confia em apoio da diretoria do São Paulo

  • COMPARTILHE
Esportes

Dorival assume culpa por derrota e confia em apoio da diretoria do São Paulo

São Paulo - O técnico Dorival Junior reconheceu a má exibição do São Paulo na derrota por 2 a 1 para o Ituano, nesta quarta-feira, e assumiu a responsabilidade pelo resultado. O discurso destoou da última coletiva do treinador, após perder por 1 a 0 para Santos, em que disse que "técnico não faz gol" - frase mal recebida nos bastidores do clube.

"A responsabilidade é do treinador sempre. Não fujo disso. Não fizemos uma boa partida e precisamos entender tudo que se passou do último domingo para cá. Foi uma partida bem abaixo do que poderíamos jogar e foi uma indignação em todos nós nos vestiários."

Pressionado no cargo, o treinador disse ter a confiança da diretoria tricolor. "Sinto apoio e estão acompanhando trabalho no dia a dia. Graças a Deus estou muito atento ao que acontece no dia a dia. Passamos por momento bem mais difícil ano passado no São Paulo. Falei que haveria oscilação nesse começo de ano. Teremos de enfrentar."

Dorival voltou a reclamar do calendário apertado deste início de temporada. O time fez seu 10º jogo em 34 dias. "Não vejo nenhuma equipe jogando o futebol que todos querem. Não estou desviando o foco do que acontece com o São Paulo. Não temos nenhuma equipe no País atuando de uma maneira convincente. Foram 12 doze dias de trabalho (na pré-temporada), com as mudanças que tivemos, com jogadores ainda sem quatro ou cinco partidas pelo time, eu seria covarde de cobrar uma condição melhor."

O time volta a campo no próximo domingo, em casa, contra a Ferroviária, pela nona rodada do Estadual. O time tricolor lidera o Grupo B com 10 pontos, mesma pontuação da vice-líder Ponte Preta.