• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após polêmica, Valdivia pede desculpas para Alexandre Mattos

  • COMPARTILHE
Esportes

Após polêmica, Valdivia pede desculpas para Alexandre Mattos

São Paulo - Após as polêmicas declarações em sua página no Twitter, o meia Valdivia, por intermédio de sua assessoria de imprensa, resolveu pedir desculpas para o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, na tarde desta terça-feira.

"Não quero guerra com ninguém, não quero criar inimizade com o Alexandre Mattos e nem com ninguém do Palmeiras. O que eu desejo é que ele faça um ótimo trabalho aqui, assim como já fez em outros clubes, e que o Palmeiras possa conquistar títulos. Se ele se sentiu ofendido, peço desculpas publicamente", declarou o jogador.

Valdivia havia se manifestado mais cedo nesta terça. Contrariado, reclamou do cancelamento da reunião entre seu pai (e agente), Luis Valdivia, e o Alexandre Mattos, na noite de segunda. O encontro não aconteceu porque o dirigente precisou ir a evento da ABEX (Associação Brasileira dos Executivos de Futebol) no qual foi homenageado pelo título brasileiro conquistado pelo Cruzeiro, em 2014.

Em suas declarações nas redes sociais, o meia do Palmeiras se mostrou especialmente incomodado sobre as especulações sobre a eventual renovação do seu contrato por produtividade. "Até o momento, ninguém da diretoria me informou se (o contrato) seria de produtividade, quem tem que esclarecer esse assunto não é o jogador, e sim o clube", reclamou.

Mais tarde, ele mesmo colocou panos quentes na polêmica. "Em relação à renovação de contrato, já deixei claro que eu quero muito permanecer porque tenho enorme carinho pelo Palmeiras e pela torcida, mas ainda não conversamos sobre nada. Nem eu e nem o Palmeiras apresentamos as nossas propostas, tudo o que saiu na imprensa até o momento é apenas especulação", esclareceu.

"O que foi conversado até agora é que eu quero ficar e o clube quer que eu fique. A única coisa que eu peço é que as pessoas parem de falar que o salário de produtividade e o tempo de contrato sejam empecilhos para a minha renovação, porque isso não tem nada a ver", enfatizou o meia, cotado para reforçar o Flamengo. Como tem contrato até 17 de agosto, ele já poderia assinar um pré-contrato com outros clubes.