• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dorival Junior evita euforia e critica atuação do Santos na Vila Belmiro

  • COMPARTILHE
Esportes

Dorival Junior evita euforia e critica atuação do Santos na Vila Belmiro

Santos - A vitória do Santos por 2 a 0 sobre o Corinthians, neste domingo, pelo Campeonato Paulista, não deixou o técnico Dorival Junior totalmente satisfeito. Após a partida, na Vila Belmiro, o treinador criticou a queda de rendimento do time no segundo tempo, principalmente pelos espaços na defesa que permitiram aos visitantes levar perigo e se aproximarem da chance de empatar.

O último gol do time só veio aos 39 minutos do segundo tempo, em contra-ataque, minutos depois de o Corinthians pressionar a defesa. "O Corinthians trabalhou muito bolas na frente da nossa área, a marcação deixou de ser ofensiva. Sofremos desnecessariamente porque demos campo para eles trabalharem e corremos um grande risco de o time deles ampliarem as chances de gol", afirmou Dorival Junior.

O resultado positivo no clássico compensou a frustração na última rodada, na qual o Santos perdeu para o Red Bull Brasil por 2 a 0. A vitória sobre o rival significou o primeiro resultado significativo da temporada, mas o técnico descartou considerar a atuação na Vila Belmiro como a ideal. "Ainda não é a equipe que queremos ver. Sou realista. A equipe ganhou corpo em alguns quesitos, principalmente o trabalho com bola. Mas não encontramos velocidade de contra-ataque", comentou.

Dorival explicou que critica a equipe por esperar uma atuação parecida à do segundo semestre no passado. O Santos em 2015 chegou à final da Copa Brasil e lutou pelo G4 no Campeonato Brasileiro com uma formação ofensiva e veloz. "Precisamos melhorar muito para alcançar o nível que apresentamos. Precisamos melhorar compactação, marcação. Para, com a posse de bola, jogar com as qualidades que possuímos", analisou. Na próxima rodada o Santos enfrenta o Água Santa, no Pacaembu, no sábado.