• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Maicon defende Michel Bastos no São Paulo: 'A má fase é do grupo'

  • COMPARTILHE
Esportes

Maicon defende Michel Bastos no São Paulo: 'A má fase é do grupo'

São Paulo - O zagueiro Maicon defendeu nesta quinta-feira o meia Michel Bastos das vaias da torcida do São Paulo. Após empatar em 1 a 1 com o Linense e perder a liderança do grupo no Campeonato Paulista na quarta, o defensor explicou que a fase é ruim para todo o elenco e considerou injusto a reclamação dos são-paulinos recair somente sobre um jogador que é dedicado a ajudar a equipe.

"Quando a torcida pega no pé de apenas um jogador, ele fica incomodado. Ele não joga sozinho. Todos são culpados. Tem o nosso apoio e confiança. A má fase é do grupo", comentou o zagueiro. O São Paulo está há cinco jogos sem perder, porém essa sequência tem apenas uma vitória e quatro empates. A irregularidade deixa o clube em segundo lugar no seu grupo no Estadual e apenas na terceira posição na chave 1 da Libertadores.

Nesta quarta, em São José do Rio Preto, a equipe escapou da derrota com um gol de Kelvin nos acréscimos, mas poderia ter saído na frente ainda no primeiro tempo, quando Michel Bastos cobrou um pênalti na trave. Depois, ele saiu vaiado de campo. "Eu o vejo como um exemplo dentro do grupo, sempre trabalhando disposto a ajudar. Contra o Linense, ele voltou de lesão, correu, batalhou, pediu para não sair e fez uma grande partida. O Michel ainda vai nos ajudar muito", comentou.

Michel Bastos demonstrou irritação com as vaias e, depois do jogo, desabafou que caso continuasse a se sentir perseguido pela torcida, poderia falar com a diretoria para ser negociado. Semanas atrás, o Inter procurou o São Paulo para propor a troca do meia por Alex, ideia que foi recusada pelo clube do Morumbi.

Na reapresentação na manhã nesta quinta-feira no CT da Barra Funda, o elenco teve os retornos do lateral Mena, que estava na seleção chilena, do volante Wesley e do atacante Wilder. Esses dois últimos estavam em tratamento de lesões e agora estão liberados para trabalhar com o grupo. Já o lateral-esquerdo Carlinhos sentiu um estiramento na coxa esquerda e está fora das próximas partidas da equipe.

No sábado, a equipe recebe o Oeste, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista, sem poder contar com Alan Kardec. O atacante recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Linense e terá de cumprir suspensão. Além dele, Carlinhos também está suspenso, mas já não poderia atuar por estar lesionado.