• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Apresentado, Barrios agradece 'esforço' do Grêmio e diz: 'Aceitei as condições'

Esportes

Apresentado, Barrios agradece 'esforço' do Grêmio e diz: 'Aceitei as condições'

Porto Alegre - Lucas Barrios foi apresentado nesta quarta-feira como novo reforço do Grêmio para a temporada. O jogador de 32 anos chega após uma passagem de pouco brilho pelo Palmeiras. No clube gaúcho, aliás, o argentino naturalizado paraguaio terá uma realidade bem diferente do time paulista, principalmente no lado financeiro.

"Eu aceitei a realidade do Grêmio. Estou aqui porque aceitei as condições e estou muito agradecido pelo esforço que o clube fez. E sei que minha vontade para vir foi muito grande. É um time grande, atual campeão da Copa do Brasil, ganhou muitos títulos na sua história", declarou.

Barrios recebia cerca de R$ 1 milhão por mês quando atuava no Palmeiras, bancados pela patrocinadora do clube, a Crefisa. O valor está longe da realidade gremista, uma vez que a diretoria do time gaúcho já admitiu diversas vezes recentemente as dificuldades financeiras que atravessa. Mesmo diante desta mudança de realidade, o jogador ressaltou o desejo de atuar com a camisa tricolor.

"Eu sei ao time que venho e sei a responsabilidade que é vestir a camisa do Grêmio. E gosto dessas coisas. Se Deus quiser, darei alegrias à torcida. Fiquei arrepiado quando cheguei e vi os torcedores me esperando. Tomara que consigamos dar mais alegrias para eles", comentou.

O atacante também agradeceu os dirigentes gremistas pelo esforço feito para contratá-lo. "Quando eu falei para fechar, senti a vontade da diretoria, do treinador para que eu estivesse aqui. E isso faz um jogador ficar tranquilo, quando um time te quer e quer que você jogue nesse time. Estou muito feliz de ter chegado ao Grêmio. Sei que a diretoria fez um esforço grande, também."

Como vinha treinando normalmente no Palmeiras, Barrios está em forma para estrear pelo Grêmio. Ele manifestou o desejo de jogar já no clássico diante do Internacional, sábado, na Arena, pelo Campeonato Gaúcho, mas para isso precisa ser regularizado. O jogador só se manifestou contrário à ideia de que chega para resolver os problemas no ataque da equipe.

"O cara do Grêmio é o time. Eu sou mais um jogador que vem aqui trabalhar, ajudar os companheiros. Essa responsabilidade está sempre comigo, pois sou um jogador que se caracterizou por ser de área, finalizador. Mas eu prometo trabalho: para o time, para melhorar a cada dia. Mas o cara vai ser o time. A responsabilidade vai ser de todo mundo. Esse é meu pensamento. Depois, obviamente, quero que dê tudo certo para marcar gols"