• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fluminense supera Macaé e reassume a liderança no Grupo C da Taça Rio

Esportes

Fluminense supera Macaé e reassume a liderança no Grupo C da Taça Rio

Rio - O Fluminense retomou a liderança do Grupo C e deu mais um passo rumo à classificação às semifinais da Taça Rio. Mesmo poupando alguns titulares, o time das Laranjeiras não encontrou dificuldades para superar o Macaé por 3 a 0, na noite deste domingo, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ), pela quarta rodada.

Um dos titulares a entrar em campo, o equatoriano Sornoza, autor de um gol e uma assistência, foi o destaque da vitória que fez o clube tricolor reassumir a liderança com nove pontos, dois a mais que a vice-líder Portuguesa. O Macaé continua na lanterna, com apenas um ponto conquistado no Grupo B.

O Fluminense iniciou a partida cumprindo à risca o que pedia o técnico Abel Braga à beira do gramado. O treinador orientou os jogadores tricolores a subir a marcação e apertar a saída de bola. A estratégia quase surtiu resultado aos 14 minutos. O atacante Richarlison recebeu na intermediária e chutou forte. O goleiro Milton Raphael chegou a desviar com a ponta dos dedos antes de a bola explodir no travessão.

Apesar de sofrer com a pressão adversária, o Macaé também teve chances de chegar ao gol. Mesmo bem marcado, o time assustou aos 20 minutos. O atacante Jones recebeu livre na área, pela esquerda, mas acabou mandando pela linha de fundo.

Ao perceber as investidas do adversário, sobretudo pela direita, Abel Braga inverteu os lados dos meias Sornoza e Marquinho e pediu mais velocidade. E foi justamente a movimentação no setor ofensivo que fez o time das Laranjeiras abrir o placar aos 32 minutos. O atacante Pedro saiu da área, buscou a bola no meio-campo e deu passe para o atacante Richarlison na área. Ele só teve o trabalho de dominar e tocar para o gol.

O gol era o que faltava para os donos da casa assumirem de vez o controle do jogo. Tanto que não sofreram mais sustos no primeiro tempo e ainda ampliaram o marcador logo aos sete minutos da segunda etapa. O equatoriano Sornoza aproveitou passe errado da defesa macaense, disparou e só tocou na saída do goleiro.

O placar de 2 a 0 deu mais tranquilidade ao Fluminense, que passou a sair para o ataque sem se expor. Trocando passes com naturalidade, não demorou a marcar o terceiro. Sornoza recebeu passe de Pedro, driblou o marcador e serviu o atacante Wellington Silva. Ele ajeitou e bateu cruzado para ampliar aos 17 minutos.

O Macaé não teve poder de reação para tentar diminuir o marcador após o terceiro gol e poderia ter saído de campo sofrendo uma goleada. Isso não fosse as boas intervenções do goleiro Milton Raphael. Como aos 34 e aos 36 minutos nas conclusões do atacante Henrique Dourado e do volante Wendel, respectivamente.

Na próxima quarta-feira, às 16 horas, Fluminense volta a campo para enfrentar o Madureira, no estádio de Moça Bonita, no Rio de Janeiro. O Macaé visita o Bangu, no mesmo local, na quinta-feira, às 15h30.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 3 X 0 MACAÉ

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Lucas, Henrique, Renato Chaves e Léo; Wendel, Marquinho (Nogueira) e Junior Sornoza; Wellington Silva, Pedro (Henrique Dourado) e Richarlison (Marcos Júnior). Técnico: Abel Braga.

MACAÉ - Milton Raphael; Ronaldo, Aislan (Matheus Cambuci), Ramon e Alan; Ebert, Rafinha, Marquinho e Zotti; Rafael Lourenço (Hudson) e Jones (Willean Lepu). Técnico: Toninho Andrade.

GOLS - Richarlison, aos 32 minutos do primeiro tempo. Soronoza, aos 6, e Wellington Silva, aos 17 do segundo.

ÁRBITRO - Rodrigo Nunes de Sá.

CARTÕES AMARELOS - Richarlison (Fluminense); Ronaldo e Ebert (Macaé).

RENDA - R$ 23.100,00.

PÚBLICO - 1.207 pagantes (1.600 presentes)

LOCAL - Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ).