• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com vaias, Vasco perde em casa na estreia na fase de grupos da Libertadores

Esportes

Com vaias, Vasco perde em casa na estreia na fase de grupos da Libertadores

Na próxima rodada, a Universidad de Chile enfrenta o Racing no dia 3 de abril

O primeiro tempo em São Januário foi de muito nervosismo. Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O Vasco iniciou a fase de grupos da Copa Libertadores com derrota diante da Universidad de Chile, diante de sua torcida, em São Januário, na noite desta terça-feira. Sob vaias, o time carioca foi derrotado por 1 a 0, após superar duas fases eliminatórias anteriormente. O time carioca se mostrou muito nervoso e sofreu um apagão na hora do gol marcado aos 31 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, Vasco e Cruzeiro, os dois brasileiros do Grupo 5, começam a fase atrás de seus adversários, sem pontuar. Pelo saldo de gols, 2 a 1, o Racing lidera com os mesmos três pontos da Universidad de Chile.

O primeiro tempo em São Januário foi de muito nervosismo. Com um time recheado de jovens jogadores, o clube carioca não conseguia conter a euforia e sofreu para segurar o clube chileno, que chegou com perigo aos 20 minutos. Soteldo cruzou para Pinilla. O atacante cabeceou em cima de Rodríguez, facilitando a defesa de Martín Silva.

Quando conseguiu se acalmar, o Vasco colocou a bola no chão e começou a dominar o adversário. A melhor chance saiu aos 34 minutos. Johnny Herrera tentou sair jogando e mandou a bola nos pés de Riascos. O atacante tentou o lançamento, mas viu a bola ganhar efeito e parar no travessão.

Após o apito, os jogadores vascaínos se reuniram ainda em campo para uma rápida conversa antes de descer para o vestiário, visando voltar mais centrado para o segundo tempo.

O time comandado pelo técnico Zé Ricardo saiu na pressão em cima da equipe chilena e desperdiçou uma grande oportunidade logo aos dois minutos. Riascos acionou Paulinho, que tirou Herrera da jogada, mas se enrolou na hora de cruzar e deixou a bola escapar pela linha de fundo.

Apesar da posse de bola vascaína, era a Universidad que chegava com mais perigo, como aconteceu aos 21 minutos, quando Araos recebeu pela esquerda, tirou Paulão da jogada e só não marcou porque Martín Silva foi buscar. A resposta do Vasco veio com Rildo. O atacante cabeceou para a defesa de Johnny Herrera.

Mas, em um cochilo carioca, o time chileno fez o gol da vitória. Após cobrança de lateral, Araos passou por Paulão e chutou entre as mãos de Martín Silva. O Vasco até tentou esboçar uma reação no fim, porém, não conseguiu evitar a derrota.

Na próxima rodada, a Universidad de Chile enfrenta o Racing no dia 3 de abril (terça-feira), às 21h30, no Estádio Nacional, em Santiago. No dia seguinte, o Vasco faz o duelo brasileiro diante do Cruzeiro, às 21h45, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

FICHA TÉCNICA:

VASCO 0 x 1 UNIVERSIDAD DE CHILE

VASCO - Martín Silva; Yago Pikachu, Erazo, Paulão e Henrique; Wellington, Desábato (André Ríos), Wagner (Paulinho), Evander e Rildo (Paulo Vitor); Riascos. Técnico: Zé Ricardo.

UNIVERSIDAD DE CHILE - Johnny Herrera; Vilches, Echeverría, Rafael Vaz e Matías Rodríguez; Seymour (Schultz), Pizarro, Beausejour e Araos (Rafael Caroca); Soteldo (Isaac Díaz) e Pinilla. Técnico: Guilhermo Hoyos.

GOL - Araos, aos 31 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Riascos e Paulão (Vasco); Rafael Caroca (Universidad de Chile).

ÁRBITRO - Daniel Fedorczuk (Uruguai).

RENDA - R$ 1.125.438,00.

PÚBLICO - 17.681 pagantes.

LOCAL - Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).