• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Arbitragem ajuda e Corinthians avança às semifinais com vitória sofrida

  • COMPARTILHE
Esportes

Arbitragem ajuda e Corinthians avança às semifinais com vitória sofrida

Após o triunfo obtido no sufoco neste sábado à tarde, o Corinthians volta a concentrar as suas forças na Copa Libertadores, na qual poderá assegurar a liderança na quinta-feira

O Corinthians está na semifinal do Paulistão Foto: Estadão Conteúdo

São Paulo - Sem Guerrero, internado às pressas neste sábado pela manhã com suspeita de dengue, o Corinthians passou sufoco diante da Ponte Preta e ainda precisou da ajuda da arbitragem para vencer por 1 a 0, no Itaquerão, e avançar às semifinais do Paulistão. A equipe fez um primeiro tempo abaixo da crítica e chegou a sofrer um gol mal anulado. Na etapa final, o time alvinegro melhorou e, mesmo sem uma grande atuação, garantiu a vitória com um gol de Renato Augusto.

Desde o início do jogo, a Ponte deixou clara qual era a sua proposta de jogo. O time se fechava na defesa e apostava nas jogadas em velocidade pelas beiradas do campo. Já o Corinthians optava por trocar passes pelo meio.

A Ponte não se intimidava e enfrentava o Corinthians de igual para igual. A partir dos 25 minutos, a Ponte adiantou a marcação e, com isso, encurtou os espaços do Corinthians. Emerson e Renato Augusto não se entendiam no ataque e Elias mal passava do meio de campo.

Melhor no jogo, a Ponte ainda foi prejudicada pela arbitragem. Aos 37, após rebote de Cássio, Renato Cajá, em posição legal, fez o gol, mas o bandeirinha Vicente Romano Neto marcou impedimento.

O Corinthians voltou melhor para o segundo tempo. Tite acertou o posicionamento e o time jogava mais no campo de ataque. Na primeira boa troca de passes, saiu o gol. Aos dez minutos, Renato Augusto tabelou com Vagner Love para bater forte e abrir o placar.

O gol levantou o moral da equipe, que assumiu o controle do jogo. Acuada, a Ponte demorou a reagir e não teve forças para empatar, embora tenha exercido forte pressão na parte final do confronto. Melhor para o Corinthians, que jogou só para o gasto e avançou à semifinal.

Após o triunfo obtido no sufoco neste sábado à tarde, o Corinthians volta a concentrar as suas forças na Copa Libertadores, na qual poderá assegurar a liderança isolada do Grupo 2 com uma rodada de antecipação na quinta-feira, diante do San Lorenzo, novamente no Itaquerão. O time tem 12 pontos e 100% de aproveitamento, enquanto a equipe argentina divide com o São Paulo a vice-liderança, com seis pontos.

Um dia antes do confronto entre corintianos e argentinos, o São Paulo irá encarar o lanterna Danubio, que ainda não somou pontos, no Uruguai.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 X 0 PONTE PRETA

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf, Elias (Bruno Henrique),

Renato Augusto e Jadson; Emerson (Mendoza) e Vagner Love (Danilo). Técnico: Tite.

PONTE PRETA - Matheus Inácio; Rodinei, Pablo, Tiago Alves e Juninho; Fernando Bob,

Josimar (Wellington), Bruno Silva e Renato Cajá; Biro Biro (Roni) e Rildo. Técnico: Guto Ferreira.

GOL - Renato Augusto, aos dez minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza.

CARTÕES AMARELOS - Elias, Pablo, Biro Biro, Jadson e Emerson.

PÚBLICO - 32.438 pagantes.

RENDA - R$ 2.283.546,00.

LOCAL - Itaquerão, em São Paulo (SP).