• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bayern de Munique vence Leverkusen nos pênaltis e avança na Copa da Alemanha

Esportes

Bayern de Munique vence Leverkusen nos pênaltis e avança na Copa da Alemanha

Leverkusen - Com inesperada dificuldade, o Bayern de Munique sofreu nesta quarta-feira para superar o Bayer Leverkusen e avançar à semifinal da Copa da Alemanha. Jogando fora de casa, na BayArena, o time do técnico Josep Guardiola precisou dos pênaltis para superar os rivais por 5 a 3 nas cobranças, após empate sem gols no tempo normal e na prorrogação. Thiago Alcântara, filho do brasileiro Mazinho, foi o responsável pela finalização decisiva nas penalidades.

No total, o Bayern converteu todas as suas cobranças, com Müller, Lewandowski, Xabi Alonso, Götze e Alcântara. O time da casa foi superado graças à finalização de Drmic, que parou na defesa do goleiro Manuel Neuer. Foi a primeira cobrança do Leverkusen. Na sequência, o time não conseguiu reverter a desvantagem.

Mesmo jogando fora de casa, o Bayern de Munique não teve problemas para se impor em campo. Buscou o ataque desde o início e deu trabalho para o goleiro Bernd Leno, principal jogador do Bayer Leverkusen nesta quarta-feira. Na sua melhor participação no primeiro tempo, ele impediu gol do rival ao defender bom chute de Müller, aos 39 minutos.

O placar, contudo, seguiu inalterado. Após o intervalo, o Bayern manteve o bom volume de jogo no ataque e quase abriu o placar aos 15 minutos. Lewandowski cabeceou para as redes, mas a arbitragem marcou falta do atacante no ataque. Três minutos depois, o mesmo jogador quase balançou as redes, parando no goleiro Leno.

Focado na busca pelo gol, o Bayern levou um susto nos instantes finais da segunda etapa. Após pressionar, o time quase foi castigado em lance pela direita. O cruzamento rasteiro tinha endereço certo dentro da área até que o brasileiro Rafinha fez o desvio e evitou o gol já nos acréscimos.

Sem gols, a partida adentrou a prorrogação. E novamente o Bayern foi melhor. Aos 7 do primeiro tempo, Götze desperdiçou grande chance ao bater para fora quase na pequena área, sem marcação. As chances se sucediam e o goleiro Leno seguia mostrando trabalho no gol do Leverkusen.

Na segunda etapa, o duelo ficou mais equilibrado, com chances também para os anfitriões. No entanto, o placar continuava inalterado. A partida, então, precisou ser definida nos pênaltis, com a vantagem para os visitantes, após finalização desperdiçada por Drmic.

Mais cedo, o Borussia Mönchengladbach não resistiu ao Arminia Bielefeld, da terceira divisão, e foi eliminado também nos pênaltis por 5 a 4. No tempo normal, as equipes empataram por 1 a 1, com gols de Manuel Junglas e Max Kruse, em cobrança de penalidade, ambos no primeiro tempo. A disputa seguiu empatada na prorrogação, o que exigiu a definição nos pênaltis.

Na terça-feira, o Borussia Dortmund precisou do tempo extra para superar o Hoffenheim, do brasileiro Roberto Firmino, que deixou sua marca, pelo placar de 3 a 2. O Wolfsburg também avançou ao vencer o Freiburg por 1 a 0. Os cruzamentos das semifinais e as datas e horários ainda serão definidos pela federação alemã.