• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após morte de idoso, palmeirenses e corintianos brigam no Brás e em Guarulhos

  • COMPARTILHE
Esportes

Após morte de idoso, palmeirenses e corintianos brigam no Brás e em Guarulhos

São Paulo - Confrontos entre torcedores de Palmeiras e Corinthians, horas antes do clássico deste domingo, no estádio do Pacaembu, pelo Campeonato Paulista, terminaram com um morto em São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo. Um idoso, que não estava envolvido na briga das torcidas, mas ainda não foi identificado, pois estava sem documentos, levou um tiro durante o confronto. A Polícia Militar também confirma confrontos na estação Brás, na Linha Vermelha do Metrô, e também em Guarulhos, na região metropolitana.

Os confrontos no Brás, também na zona leste da capital, foram os mais violentos. A confusão começou quando torcedores do Palmeiras, que já haviam participado da confusão em São Miguel Paulista, desceram no Brás para fazer baldeação.

Os palmeirenses encontraram um trem com corintianos que estava no outro lado da plataforma. Os dois grupos começaram a disparar rojões em um cenário de guerra. O número de palmeirenses era muito desproporcional em relação aos corintianos. Eram cerca de 200 contra 25. Vários vagões da CPTM foram depredados. A Polícia Militar ainda não deteve nenhum torcedor.

Em Guarulhos, os confrontos entre corintianos e palmeirenses resultaram em 24 prisões no 1.º Distrito Policial - 18 corintianos e seis palmeirenses. Um ônibus de palmeirenses se encontrou com torcedores que andavam a pé próximos a uma subsede de uma torcida organizada do Corinthians, na região central da cidade. Foi uma briga generalizada pelas ruas. Dois palmeirenses ficaram gravemente feridos e foram encaminhados para hospitais da região.