• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após polêmica com McGregor, UFC 200 terá Jon Jones na sua luta principal

  • COMPARTILHE
Esportes

Após polêmica com McGregor, UFC 200 terá Jon Jones na sua luta principal

Las Vegas - Após uma grande polêmica envolvendo Conor McGregor, o UFC, a maior organização de artes marciais mistas do mundo, anunciou nesta quarta-feira que a luta principal do UFC 200 será entre Jon Jones e Daniel Cormier, confirmando que o irlandês está mesmo fora do evento.

Na semana passada, McGregor, considerado um dos principais astros do UFC, publicou nas redes sociais que estava se aposentando do esporte. Posteriormente, ele recuou na declaração, dizendo apenas que estava cansado do excesso de eventos promocionais, destacando que precisava se concentrar nos treinamentos.

As declarações polêmicas e a ausência em uma entrevista coletiva em Las Vegas foram, porém, suficientes para Dana White, o presidente do UFC, anunciar que McGregor estava fora da edição 200 do evento - ele iria enfrentar Nate Diaz pelo cinturão dos penas.

Os organizadores, então, buscavam uma luta de impacto para o UFC 200 e optaram pelo combate entre Daniel Cormier, atual campeão dos meio-pesados, e Jon Jones, campeão interino da divisão, que seria realizado no UFC 197 - a luta foi cancelada em razão de uma lesão de Cormier.

Agora, porém, ela será a principal luta do UFC 200, marcado para 9 de julho. E vau ser uma reedição de combate realizado em janeiro de 2015, vencido por Jon Jones por decisão unânime dos árbitros, pouco antes de ele se afastar dos octógonos por problemas pessoais. No último fim de semana, ele voltou a lutar e superou Ovince Saint Preux também por decisão unânime.

Com a confirmação dessa luta, o UFC 200 terá três disputas de cinturão. Miesha Tate e Amanda Nunes vão duelar pelo título do peso-galo, enquanto José Aldo e Frankie Edgar vão se enfrentar pelo cinturão interino dos penas.