• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Apresentado, Brocchi admite que assumir o Milan é um 'risco'

  • COMPARTILHE
Esportes

Apresentado, Brocchi admite que assumir o Milan é um 'risco'

Milão - Cristian Brocchi foi apresentado nesta quarta-feira como novo técnico do Milan em substituição a Sinisa Mihajlovic, numa troca anunciada um dia antes. O treinador, porém, terá pouco tempo para causar impacto no time nesta temporada, afinal, faltam apenas seis rodadas para o fim do Campeonato Italiano.

O Milan não vence há cinco jogos no torneio nacional e está sob risco de não se classificar para uma competição europeia pela terceira temporada consecutiva - o time é o sexto colocado no Campeonato Italiano e está classificado para a decisão da Copa da Itália.

Diante desse cenário, Brocchi ganha a sua primeira chance de dirigir uma equipe profissional, após trabalhar nas divisões de base do Milan. E o treinador admite que há mesmo um risco envolvido na oportunidade que recebeu da direção do clube. Ele será o quinto treinador do time em dois anos.

"Há um risco. Mas você tem que ter a humildade de entender que, se as coisas forem mal, vão seguir o caminho que as coisas foram antes", declarou o ex-jogador do Milan durante a sua apresentação oficial.

Ele defendeu o time entre 2001 e 2008, ganhou por duas vezes a Liga dos Campeões como jogador, em 2003 e 2007, assim como faturou um Campeonato Italiano e uma Copa da Itália neste período de sete anos com a camisa do clube.

O vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, explicou a decisão de trocar o técnico do Milan na reta final da temporada. "Sinisa fez um bom trabalho e obteve bons resultados, mas nós pensamos que precisávamos de algo diferente agora", declarou o dirigente.