• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após título, Rogerinho dá salto e obtém melhor ranking da carreira na ATP

  • COMPARTILHE
Esportes

Após título, Rogerinho dá salto e obtém melhor ranking da carreira na ATP

A boa subida deixou Rogerinho como o número 2 do Brasil, com chances até de virar o número 1, dependendo dos resultados do Torneio de Houston, de nível ATP 250

Rogerinho subiu 14 colocações no ranking Foto: Reprodução/Instagram

Londres - Fora do time brasileiro que competiu na Copa Davis, no fim de semana, Rogério Dutra Silva brilhou no Challenger da Cidade do Panamá e, com o título, deu um salto no ranking. Na lista da ATP atualizada nesta segunda-feira, o brasileiro obteve sua melhor posição da carreira, ao figurar em 69º.

Com o troféu conquistado no fim de semana, Rogerinho subiu 14 colocações no ranking. Até então sua melhor posição era a 82ª. A boa subida deixou Rogerinho como o número 2 do Brasil, com chances até de virar o número 1, dependendo dos resultados do Torneio de Houston, de nível ATP 250, que será disputado nos Estados Unidos nesta semana.

Rogerinho está apenas 21 pontos atrás de Thomaz Bellucci, que subiu duas posições nesta semana, para 65º. Ambos competem em Houston nesta semana, assim como Thiago Monteiro, que vinha se alternando como número 1 do Brasil com Bellucci nas últimas semanas. Monteiro estacionou na 81ª colocação.

Monteiro e Bellucci brilharam no fim de semana ao lideraram a vitória do Brasil sobre o Equador, na cidade equatoriana de Ambato. O time brasileiro venceu o confronto por 5 a 0 e garantiu vaga na repescagem. Monteiro, que vem substituindo Rogerinho na equipe, e Bellucci venceram seus dois jogos de simples.

Entre os tenistas mais bem ranqueados da ATP, houve apenas uma mudança no Top 20 após uma semana sem torneios de nível ATP 250, 500 ou Masters 1000 na semana, por causa dos duelos da Davis. A única alteração aconteceu com a subida do australiano Nick Kyrgios para o 15º lugar, trocando de posição com o norte-americano Jack Sock, novo 16º colocado.

Nas primeiras posições, o escocês Andy Murray segue liderando a lista da ATP com folga. O sérvio Novak Djokovic, que liderou a equipe do seu país na vitória sobre a Espanha pelas quartas de final do Grupo Mundial, continua em segundo lugar. Ele é seguido pelos suíços Stan Wawrinka e Roger Federer.

O espanhol Rafael Nadal aparece em quinto, enquanto o canadense Milos Raonic figura em 6º. Na sequência, aparecem o japonês Kei Nishikori, o croata Marin Cilic, o austríaco Dominic Thiem e o francês Jo-Wilfried Tsonga, fechando o Top 10.

 

Confira os 20 primeiros colocados do ranking da ATP:

1º - Andy Murray (ESC), 11.960 pontos

2º - Novak Djokovic (SER), 7.915

3º - Stan Wawrinka (SUI), 5.785

4º - Roger Federer (SUI), 5.305

5º - Rafael Nadal (ESP), 4.735

6º - Milos Raonic (CAN), 4.345

7º - Kei Nishikori (JAP), 4.310

8º - Marin Cilic (CRO), 3.385

9º - Dominic Thiem (AUT), 3.385

10º - Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 3.265

11º - Gael Monfils (FRA), 3.010

12º - Grigor Dimitrov (BUL), 2.880

13º - Tomas Berdych (RCH), 2.790

14º - David Goffin (BEL), 2.705

15º - Nick Kyrgios (AUS), 2.425

16º - Jack Sock (EUA), 2.405

17º - Lucas Pouille (FRA), 2.376

18º - Roberto Bautista Agut (ESP), 2.190

19º - Pablo Carreño Busta (ESP), 2.025

20º - Alexander Zverev (ALE), 2.005

65º - Thomaz Bellucci (BRASIL), 736

69º - Rogério Dutra Silva (BRASIL), 715

81º - Thiago Monteiro (BRASIL), 657

138º - João Souza (BRASIL), 421