• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após vitória, Mancini destaca papel da torcida na reconstrução da Chapecoense

Esportes

Após vitória, Mancini destaca papel da torcida na reconstrução da Chapecoense

O triunfo não foi fácil de ser conquistado, o Atlético Nacional controlou boa parte do jogo. Com o resultado, a Chapecoense garante o título da Recopa se empatar no jogo da volta

No primeiro duelo da decisão da Recopa Sul-Americana, Chapecoense venceu por 2 a 1 o time colombiano Foto: Sirli Frestas/Chapecoense​

Chapecó - A noite de terça-feira na Arena Condá ficou marcada pelas homenagens e gestos de cordialidade entre Chapecoense e Atlético Nacional, mas também pela vitória do time da casa, por 2 a 1, sobre a equipe colombiana, no primeiro duelo da decisão da Recopa Sul-Americana. Após o confronto, o técnico Vagner Mancini destacou a importância do apoio do torcedor, que lotou o estádio, no processo de reconstrução da equipe.

"A torcida tem sido maravilhosa, porque tem entendido que o time foi formado há pouco tempo e está pegando a cara da cidade e do time", elogiou Mancini, ressaltando o papel de "12º jogador" da equipe que vem sendo desempenhado pelo torcedor.

A tragédia aérea às vésperas da decisão com o Atlético Nacional pela Copa Sul-Americana, em novembro de 2016, forçou a reconstrução do elenco da Chapecoense, que oscilou no início da temporada, o que incluiu uma derrota para o Lanús, em casa, pela Copa Libertadores. Agora, porém, o time lidera o segundo turno do Campeonato Catarinense e venceu os colombianos no primeiro duelo da decisão da Recopa.

O triunfo, porém, não foi fácil de ser conquistado, tanto que o Atlético Nacional controlou boa parte do jogo na Arena Condá. Mas Mancini avaliou que as alterações realizadas na equipe durante o segundo tempo foram decisivas para a Chapecoense assegurar a vitória.

"Quando vimos que o Atlético ia nos envolver, a equipe voltava rapidamente e buscava o controle da bola. O mais importante dessa leitura de jogo foi o time perceber que com a velocidade poderia levar perigo ao Atlético. Apesar de atacar pouco no início do jogo, tivemos bons momentos e com as mudanças no segundo tempo a equipe ficou mais rápida e levou mais perigo", comentou.

Com o resultado, a Chapecoense garante o título da Recopa se empatar no jogo da volta, em 10 de maio, na Colômbia. No próximo domingo, o time vai visitar o Metropolitano, em Blumenau, pelo Campeonato Catarinense.