• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fluminense derrota o Liverpool-URU e abre boa vantagem na Copa Sul-Americana

Esportes

Fluminense derrota o Liverpool-URU e abre boa vantagem na Copa Sul-Americana

O jogo de volta será em 10 de maio, em Montevidéu, e o clube tricolor poderá perder por até um gol de diferença que estará classificado

O time carioca continuou pressionando e teve chances, mas só ampliou aos 39 minutos Foto: Divulgação

Rio - Em sua estreia na Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira, no estádio do Maracanã, no Rio, o Fluminense dominou a equipe uruguaia do Liverpool e não teve dificuldades para vencer por 2 a 0. O placar foi construído ainda no primeiro tempo. O jogo de volta será em 10 de maio, em Montevidéu, e o clube tricolor poderá perder por até um gol de diferença que estará classificado. Se fizer um fora de casa, poderá ser derrotado até por dois de diferença.

No primeiro tempo, o Fluminense só levou um grande susto: logo no segundo lance do jogo, Orejuela saiu jogando errado, Royón roubou a bola e iniciou ataque. Na sequência, Wendel cometeu falta em De La Cruz, cobrada por ele mesmo. A bola quicou, Diego Cavalieri rebateu e ela sobrou para Royól, que na cara do gol chutou por cima. O atacante uruguaio estava impedido, mas a irregularidade não foi marcada - se o lance terminasse em gol, causaria uma grande confusão.

Mas o Fluminense se recuperou do susto e passou a dominar o jogo. A primeira finalização foi aos 8 minutos, quando Richarlison exigiu boa defesa de De Amores. E, aumentando a pressão, o primeiro gol saiu aos 23: em bela jogada individual pelo lado direito, Wellington cruzou e Henrique Dourado desviou com o pé direito. O goleiro De Amores chegou a tocar a bola com a mão, mas não conseguiu evitar o gol.

Logo depois, aos 25 minutos, uma confusão antes da cobrança de uma falta para o Liverpool: Richarlison e Royón se envolveram em um empurra-empurra e o uruguaio cuspiu no rosto do brasileiro. Os dois receberam cartão amarelo.

O time carioca continuou pressionando e teve chances, mas só ampliou aos 39 minutos. Sornoza cruzou da esquerda, Martín Díaz afastou de cabeça e na briga pelo rebote a bola sobrou para Richarlison chutar de voleio para o gol. A bola desviou na zaga e entrou.

No segundo tempo, o clube carioca manteve o domínio, mas não transformou em gol nenhuma das várias chances. Em uma delas, aos 44 minutos, Renato Chaves cabeceou e a bola passou à direita do gol, a milímetros da trave. Na última, aos 47, Calazans chutou para fora.

Agora o Fluminense volta a se concentrar no Campeonato Carioca. Seu próximo jogo será neste domingo contra o Botafogo, no estádio do Engenhão, no Rio, pela semifinal da Taça Rio, o segundo turno do Estadual. A partida não tem grande importância porque o time já está classificado para as semifinais do Carioca, quando vai enfrentar o Vasco.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2 x 0 LIVERPOOL-URU

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo (Marquinhos Calazans); Orejuela, Wendel e Sornoza; Richarlison, Henrique Dourado (Pedro) e Wellington Silva (Lucas Fernandes). Técnico: Abel Braga.

LIVERPOOL-URU - De Amores; Rodales, Platero, Martín Díaz e Christian Almeida; Gonzalo Freitas, Santiago Viera, Latorre, Aprile (Federico Martínez) e De La Cruz (Gustavo Viera); Royón (Cantera). Técnico: Alejandro Bertoldi.

GOLS - Henrique Dourado, aos 23, e Richarlison, aos 39 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Richarlison, Henrique Dourado e Wellington Silva (Fluminense); Christian Almeida e Royón (Liverpool-URU).

CARTÃO VERMELHO - Gonzalo Freitas (Liverpool-URU).

ÁRBITRO - Eber Aquino (Fifa/Paraguai).

RENDA - R$ 1.030.970,00.

PÚBLICO - 34.017 pagantes (37.145 no total).

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).