• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fluminense empata com Brasil-RS e segue na Primeira Liga graças a cartão vermelho

Esportes

Fluminense empata com Brasil-RS e segue na Primeira Liga graças a cartão vermelho

Rio - Foi uma das classificações mais inusitadas da história do futebol brasileiro, mas o Fluminense conseguiu a última vaga nas quartas de final da Copa da Primeira Liga. Com o empate por 1 a 1 com o Brasil, de Pelotas (RS), nesta quarta-feira, no estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ), o time do técnico Abel Braga avançou por ter levado um cartão vermelho a menos que o adversário do Grupo A.

Os dois times empataram em quatro pontos, uma vitória, saldo de gols de zero, quatro gols marcados e outros quatro sofridos. Por isso, o regulamento prevê que o próximo critério de desempate é o de menor número de cartões vermelhos. Como o clube gaúcho teve o goleiro Eduardo Martini expulso na derrota por 2 a 1 para o Internacional, terminou na terceira posição, com os cariocas à sua frente.

Os confrontos das quartas de final serão conhecidos por sorteio, ainda sem data para acontecer. De qualquer forma, por causa de rodadas do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e Copa Libertadores, a competição só segue a partir de agosto.

O Fluminense começou a partida dando mostras de que pressionaria o Brasil-RS. Na primeira vez que foi ao ataque, o time gaúcho conseguiu o seu gol. Aos 20 minutos, Nem levantou o escanteio e a defesa do clube carioca não conseguiu afastar. Na sobra, Juninho, bem posicionado, chutou para o fundo das redes.

Com o placar adverso, o Fluminense foi para o tudo ou nada, mas Eduardo Martini estava em noite inspirada. Aos 33 minutos, Henrique Dourado roubou a bola do adversário e invadiu a área. O passe chegou até Marcos Júnior, que chutou forte, mas parou na boa defesa do camisa 1 gaúcho.

O segundo tempo foi mais animador para a torcida local. Logo aos quatro minutos, Maranhão, que acabara de entrar, invadiu a área do Brasil-RS e cruzou com precisão para Danielzinho. O jovem meia cabeceou sem qualquer chance de defesa para Eduardo Martini. Tudo igual.

A pressão do clube carioca continuou. Aos 17 minutos, Marcos Júnior recebeu o passe de Danielzinho, de frente para o goleiro, e finalizou bem, mas a bola foi ao lado, tirando tinta da trave. O Brasil-RS teve ainda um gol bem anulado aos 31. Éder Sciola encontrou Bruno Lopes livre dentro da área e o atacante não desperdiçou, mas o camisa 11 estava à frente do penúltimo defensor.

O Fluminense volta a campo neste domingo, às 16 horas, para enfrentar o Flamengo pelo primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, no estádio do Maracanã, no Rio. Já o Brasil-RS atuará apenas no dia 12 de maio, às 20h30, visitando o Guarani, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 x 1 BRASIL-RS

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Renato, Reginaldo, Nogueira e Marquinhos Calazans; Luiz Fernando, Marquinho e Danielzinho (Pierre); Lucas Fernandes (Maranhão), Marco Júnior (Matheus Alessandro) e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

BRASIL-RS - Eduardo Martini; Éder Sciola, Evaldo, Teco e Marlon (Itaqui); Leandro Leite, João Afonso e Nem; Juninho (Marcinho), Bruno Lopes (Aloísio) e Rodrigo Silva. Técnico: Rogério Zimmermann.

GOLS - Juninho, aos 20 minutos do primeiro tempo; Danielzinho, aos 4 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Nogueira, Luiz Fernando, Marquinho e Renato (Fluminense); Leandro Leite, Teco e Bruno Lopes (Brasil-RS).

ÁRBITRO - Gabriel Maciel (MG).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ).