• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Fluminense quer Maracanã cheio para reverter vantagem do Goiás na Copa do Brasil

Esportes

Fluminense quer Maracanã cheio para reverter vantagem do Goiás na Copa do Brasil

Rio - O Fluminense vai ter nesta quarta-feira, às 21h45, a primeira decisão da semana no estádio do Maracanã, no Rio. Depois de perder o primeiro jogo por 2 a 1, em Goiânia, o time do técnico Abel Braga recebe o Goiás na definição da quarta fase da Copa do Brasil. A expectativa da diretoria é vender mais de 30 mil ingressos, já que o time precisa vencer por dois gols de diferença se quiser ter a vaga direta - vitória por 1 a 0 também garante os cariocas. Caso o placar do primeiro jogo se repita, a decisão sairá da disputa de pênaltis. Os goianos jogam por empate por qualquer placar.

O classificado vai se juntar a Botafogo, Palmeiras, Atlético Mineiro, Chapecoense, Atlético Paranaense, Grêmio, Santos e Flamengo, que por enquanto disputam a Copa Libertadores, além de Atlético Goianiense, campeão da Série B do Campeonato Brasileiro, Santa Cruz, campeão da Copa do Nordeste, e Paysandu, campeão da Copa Verde, todos garantidos nas oitavas de final da maior competição mata-mata do país.

Abel Braga não vai ter vida fácil para escalar o Fluminense. O goleiro Diego Cavalieri foi expulso no primeiro jogo por uma falta em Carlos Eduardo na entrada da área. Além dele, o zagueiro Renato Chaves recebeu o terceiro cartão amarelo e também está suspenso. Henrique Dourado, Gustavo Scarpa e Gum seguem lesionados e não foram nem relacionados. Com isso, Richarlison e Marcos Júnior devem ser mantidos, assim como no jogo de ida. E no gol entra Júlio César.

O último trabalho do grupo foi fechado à imprensa, mas, assim que os repórteres puderam entrar no CT do Fluminense, viram Gustavo Scarpa correr em volta do gramado. O meia gerou expectativa nos torcedores, mas nem chegou a trabalhar com bola. Ele ainda fará os trabalhos de transição e gradativamente se recupera de uma fissura no tendão do pé direito.

Do outro lado, o Goiás ainda tenta caminhar com as próprias pernas. O técnico interino Sílvio Criciúma assumiu o time após a saída de Gilson Kleina para a Ponte Preta e até agora tem três vitórias, dois empates e apenas uma derrota. Além de bater o Fluminense no estádio Serra Dourada, ainda venceu o clássico contra o Atlético Goianiense por 2 a 1, no último final de semana, e entra cheio de moral para esta duelo.

Enquanto aguarda a chegada de Sérgio Soares, do Santo André, o interino vai se virando. Ele perdeu o atacante Carlos Eduardo, que foi expulso já nos acréscimos por cometer uma falta em Wellington Silva. O volante Patrick recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Renan e Pedro Bambu seguem lesionados e não viajaram com o grupo. Por fim, o lateral-direito Tony foi regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) e deve estrear no lugar de Hélder.