• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Magic diz que dono do Clippers "vive na idade da pedra"

  • COMPARTILHE
Esportes

Magic diz que dono do Clippers "vive na idade da pedra"

Nova York - O proprietário do Los Angeles Clippers, Donald Sterling, tem opiniões anacrônicas sobre as minorias e mostra uma surpreendente ignorância ao falar sobre a aids e o vírus da imunodeficiência humana (HIV), sentenciou, na noite de terça-feira, Magic Johnson, respondendo ao comentários feitos pelo empresário.

"Ele vive na idade da pedra", disse Magic, em entrevista ao jornalista Anderson Cooper, da rede de TV norte-americana CNN. "Você não pode fazer esses comentários sobre afro-americanos e latinos. Você simplesmente não pode", completou Magic.

Um dia antes, Sterling também deu uma entrevista a Cooper. Mas o que parecia uma tentativa de se desculpar e atenuar o escândalo em torno das suas declarações racistas, se tornou um ataque a Magic, com o dirigente usando a condição de portador de HIV do astro para lhe atribuir uma promiscuidade que não seria um bom exemplo para as crianças, declarando que o ex-jogador de basquete "se finge de santo".

Magic se disse surpreso com as declarações de Sterling. "Ele é um homem que se imagina bem educado, um homem suficientemente inteligente para construir toda a sua fortuna, e que tem uma plataforma incrível para mudar o mundo", disse. "Mas ele está fazendo de um modo negativo".

O astro é agora proprietário de uma parte dos Los Angeles Dodgers, um time de beisebol. Seus empreendimentos se seguiram a uma carreira que foi encurtado depois que descobriu, em 1991, ter contraído o HIV. "Mostrei a cara como um homem, e disse isso para o mundo", lembrou Magic, sobre sua famosa entrevista em que anunciou sua aposentadoria. "Eu não culpo qualquer outra pessoa. Eu entendi que o que fiz foi errado. E eu confiava que tinha a capacidade de ajudar as pessoas".

Magic disse que conheceu Sterling mais de 30 anos atrás, quando se mudou para Los Angeles, onde defendeu o Lakers. No entanto, observou que não sabe como o dirigente o arrastou para uma situação que devolveria envolver apenas Sterling e V. Stiviano, que gravou o proprietário do Clippers fazendo comentários racistas e reclamando de fotos publicadas em redes sociais com negros, incluindo Magic.

"Ele tenta encontrar algo que possa se agarrar para ajudar a salvar a sua equipe", disse. "E isso não vai acontecer. Eu sou um homem de Deus, orarei por ele e espero que sua situação melhore", completou Magic, declarando "ter pena" de Sterling e sugerindo que o dirigente venda o Clippers após ser banido da NBA por causa das suas declarações racistas.