• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

“Mostrei a cidade para os jogadores; o povo está envolvido com a gente”, diz técnico da Austrália

Esportes

“Mostrei a cidade para os jogadores; o povo está envolvido com a gente”, diz técnico da Austrália

Os jogadores da Seleção Australiana chegaram na noite desta quarta-feira, em Vitória. Carinho dos capixabas anima os australianos na chegada ao Estado.

Cansados, jogadores desembarcam em Vitória Foto: Divulgação

A Austrália é a primeira seleção a desembarcar no Brasil para a Copa do Mundo, chegou ao Hotel Ilha do Boi, em Vitória, por volta das 22 horas desta quarta-feira (28). Depois de 22 horas de jornada, com direito a escalas em Santiago (Chile) e Curitiba (PR), a programação dos australianos para treinar nesta quinta-feira (29) foi cancelada.

O treino marcado para as 11 horas, na Arena Unimed Sicoob, foi cancelado pelo treinador Ange Postecoglou. Apenas uma atividade à tarde, na praia, aconteceu.

O técnico falou rapidamente com a imprensa e ressaltou que está contente com a recepção do povo capixaba. “Mostrei para os jogadores um pouco da cidade e tenho certeza que nós vamos ser muito bem recebidos aqui, e que o povo estará envolvido com a gente”, disse o treinador.

Quanto ao treino cancelado, Postecoglou preferiu deixar seus atletas descansarem para recuperarem as energias gastas no longo deslocamento. “Vou dar a chance dos jogadores descansarem e se recuperarem”, explicou.

O capitão da seleção australiana, Mile Jedinak, comentou a dificuldade inicial de se adaptar ao fuso horário brasileiro. “Depois dessa longa viagem, estou exausto. Dormindo em horários diferentes, você fica um pouco desorientado. Mas espero que dormindo a gente possa se recuperar o mais rápido possível”, finalizou.

Antes de falar com a imprensa na porta do hotel, o treinador dos Socceroos recebeu os cumprimentos do governador Renato Casagrande, dos prefeitos de Vitória e Cariacica, Luciano Rezende e Juninho, respectivamente, além do presidente da Federação Capixaba de Futebol, Marcus Vicente.