• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após repercussão negativa, Corinthians quer manter promessa da base

  • COMPARTILHE
Esportes

Após repercussão negativa, Corinthians quer manter promessa da base

São Paulo - O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, revelou nesta sexta-feira que gostaria que o meia atacante Matheus Cassini, de 19 anos, continuasse no clube. O jogador tem uma proposta do Palermo, da Itália, e a transferência já era dada praticamente como certa.

"Ainda não posso falar se ele vai embora ou não. Nós estamos conversando e fazendo muita força para que ele fique. A proposta chegou, mas não queríamos que ele fosse embora", disse.

A proposta é de R$ 5 milhões e o Corinthians tem direito a R$ 3,5 milhões. Além disso, o clube paulista lucraria 10% com uma futura venda no futebol europeu. O problema foi a repercussão negativa da transferência. Nas redes sociais e fóruns na internet, torcedores se mostraram contrários à saída de um atleta que sequer jogou no time profissional.

Questionado sobre o futuro do atleta, Tite deu um conselho a Matheus: "Disse o mesmo que eu falei para o Paulinho, para o (Leandro) Castán: não te guie por dinheiro, guie por onde possa desenvolver seu trabalho".

O técnico, porém, reconheceu que é difícil lançar jogadores das categorias de base durante o Campeonato Brasileiro. Do time considerado titular, apenas o atacante Malcom foi formado no clube.