• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após título em Genebra, objetivos de Bellucci são Top 30 e medalha no Rio-2016

  • COMPARTILHE
Esportes

Após título em Genebra, objetivos de Bellucci são Top 30 e medalha no Rio-2016

Genebra - Em Genebra, após ganhar seu quarto título na carreira e sentir mais uma vez que "tudo deu certo", Thomaz Bellucci quase não pôde festejar a façanha que o levará para mais perto dos primeiros lugares do ranking mundial da ATP. O tenista brasileiro venceu neste sábado o português João Sousa por 2 sets a 0 e a conquista confirma a sua boa fase às vésperas de Roland Garros, considerado por ele seu maior objetivo na

Temporada.

"Depois de muito tempo, volto a ganhar", disse o brasileiro, visivelmente aliviado. "Fui mais sólido mentalmente e isso foi a chave para vencer. Ser campeão é a melhor sensação do mundo porque dá a certeza de que tudo valeu a pena. Foi uma decisão tensa, decidida nos detalhes", afirmou. Atual 60.º colocado da ATP, Bellucci deve figurar entre os 50 melhores na próxima lista dos tenistas profissionais.

Bellucci, porém, deixou claro que o tênis brasileiro precisa de mais estrutura. "Já avançamos. Mas tem muita estrutura que precisa ser melhorada. Não temos nenhum centro de treinamento onde os jogadores possam ir para trocar experiências e ideias. O apoio tem melhorado. Temos vários jogadores no circuito. Mas precisamos de volume. Essa é a grande diferença de países como França e Espanha", disse. "Ainda vivemos de tenistas promessas".

TOP 30 - A vitória é a volta de Bellucci entre os 50 melhores do mundo - ele já foi 21.º em 2010. "Esses dois ou três anos não foram bons. Mas trabalhei muito, inclusive fisicamente, e agora vemos o resultado disso. Queria estar entre os 50 e cumpri meu objetivo. Agora, acho que dá para ir mais longe. Estou jogando bem, sinto que posso jogar bem contra qualquer um do circuito", explicou. "Meu objetivo é voltar

aos 30 melhores do mundo".

O tenista brasileiro agradeceu seu rival na final e os organizadores do torneio. "Estou muito feliz. É tanta coisa que vem na cabeça depois de ganhar um título da ATP. Todas as dificuldades dos últimos anos me fizeram mais fortes. Esse título é de todas as pessoas que acreditam em mim e dos brasileiros que me dão apoio em todas as partes do mundo".

Bellucci embala no momento certo, já que Genebra é o último torneio antes de Roland Garros, na França, para onde viajou neste sábado mesmo. Mas é cauteloso sobre suas chances em Paris. "Não posso estar conformado de chegar em Roland Garros e achar que está tudo bem". Mas admite que o título "serve de motivação para chegar em Roland Garros com confiança". E mais: "Não tenho muito tempo para comemorar. Amanhã (domingo) já treino. Tenho de estar 100% focado. Ganhei muita confiança. Espero continuar jogar assim e acho que estou no caminho certo".

Outro objetivo declarado de Bellucci é chegar ao Rio em 2016 preparado para disputar uma medalha olímpica, o que seria um feito e tanto. "O ouro seria mais um sonho do que um objetivo. Mas tem muito chão pela frente. O importante é chegar da melhor forma possível na Olimpíada".