• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bulls arrasa Bucks e avança no Leste; Clippers leva série com Spurs para 7º jogo

  • COMPARTILHE
Esportes

Bulls arrasa Bucks e avança no Leste; Clippers leva série com Spurs para 7º jogo

Milwaukee - A NBA viveu mais um dia decisivo de seus playoffs na última quinta-feira, com duas partidas bem diferentes. Depois de duas derrotas seguidas diante do Milwaukee Bucks, o Chicago Bulls não tomou conhecimento do adversário e, mesmo fora de casa, atropelou por incríveis 120 a 66, garantindo vaga nas semifinais da Conferência Leste. Pelo Oeste, o Los Angeles Clippers bateu o San Antonio Spurs por 102 a 96, no Texas, e levou a série para o sétimo e decisivo jogo.

O Bulls chegou a Milwaukee para o jogo de quinta em baixa, após duas derrotas consecutivas e precisando vencer para não ir para o sétimo jogo. Mas o que se viu em quadra sequer lembrou o equilíbrio das últimas partidas. O time de Chicago conseguiu impor sua defesa forte, conseguiu cestas fáceis a abriu vantagem para garantir o triunfo. Agora, vai enfrentar o Cleveland Cavaliers nas semifinais do Leste. O primeiro duelo acontece já na segunda-feira, em Cleveland.

Na quinta, o jogo físico e a rapidez na transição do Bucks não funcionaram como nas partidas anteriores. No intervalo, a diferença já estava em 32 pontos e a partida praticamente liquidada. Os 54 pontos de vantagem no final ficaram somente a quatro da maior vitória da história dos playoffs, ocorrida ainda em 1956, quando o Minneapolis Lakers bateu o St. Louis Hawks por 133 a 75.

A dominância do Bulls foi tanta que nenhum jogador do Bucks conseguiu chegar sequer a 10 pontos, com Zaza Pachulia sendo o maior pontuador, com oito. Pelo lado do time de Chicago, em compensação, Mike Dunleavy fez sua melhor partida na série e terminou com 20 pontos, com Pau Gasol vindo na sequência, marcando 19.

Já em San Antonio, o equilíbrio foi bem maior. A partida foi para o intervalo empatada em 51 a 51 e somente nos últimos momentos foi decidida. Marco Belinelli, em dia inspirado, acertou uma bola de três que diminuiu a diferença para somente dois pontos a 14 segundos para o fim. Mas aí Jamal Crawford acertou dois lances livres, o próprio Belinelli falhou em nova tentativa de longe e o Clippers garantiu o triunfo.

Blake Griffin, com um ótimo segundo tempo, foi o cestinha da noite, com 26 pontos, além de 12 rebotes. Mas outros quatro jogadores do Clippers (Chris Paul, DeAndre Jordan, J.J. Redick e Jamal Crawford) marcaram ao menos 10 pontos. Pelo Spurs, o melhor em quadra foi justamente Belinelli, com 23 pontos, sendo 21 em bolas de três.

Os playoffs da NBA terão sequência nesta sexta-feira com a única série ainda aberta no Leste. Vencendo por 3 a 2, o Atlanta Hawks tem a chance de garantir a classificação e o direito de enfrentar o Washington Wizards, mas para isso precisa derrotar o Brooklyn Nets fora de casa.