• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Duda vai à Letônia em busca de vaga no Pan de Toronto

  • COMPARTILHE
Esportes

Duda vai à Letônia em busca de vaga no Pan de Toronto

São Paulo - Bicampeão mundial indoor no salto em distância, Mauro Vinicius da Silva, o Duda, não está classificado para os Jogos Pan-Americanos. O saltador tem índice para ir a Toronto (Canadá), mas não está entre os dois primeiros do ranking nacional da prova. Se quiser ser um dos convocados, precisa saltar pelo menos 8,12m até o próximo dia 31, quando fecha o período de tomada de índices.

Para tentar disputar o Pan pela primeira vez na carreira (se machucou e não competiu em 2011), Duda vai saltar duas vezes até o domingo da semana que vem. Na quinta, compete em Riga (Letônia). Depois, no sábado, salta em Innsbruck (Áustria). Também disputando lugar no Pan, Higor Silva Alves vai a Bucareste (Hungria) no próximo domingo, enquanto Paulo Sérgio Oliveira salta na sexta-feira da semana que vem em Dessau (Alemanha). O trio, da BM&F Bovespa, ficará baseado em Rio Maior (Portugal).

Os dois melhores índices para o Pan no salto em distância, por enquanto, são de Higor (8,18m) e Alexsandro de Melo (8,12m), da Orcampi. Duda tem 8,03m, enquanto Paulinho tem 7,91m como melhor resultado. Além das competições internacionais, ainda há um evento da federação paulista previsto para os dias 30 e 31, em Jundiaí (SP).

Quem conseguir passar de 8,10m também garante índice para o Mundial de Pequim (China), para o qual serão convocados os três melhores do ranking nacional. O índice para os Jogos Olímpicos do Rio-2016, de 8,15m, não foi alcançado por ninguém desde o início do período de classificação, em 1.º de maio.

No Troféu Brasil, domingo, Duda ganhou com 8,03m, marca ruim para os padrões internacionais. "Eu estava sem ritmo e o Troféu Brasil me deu confiança. Eu estava apenas treinando, faltava a adrenalina da competição, o desafio da prova. A pressão existe sempre, mas resolvi não dar bola para ela."

NO EXTERIOR - Nesta quinta-feira, a BM&F divulgou a programação de parte do seu elenco, que viaja para competir na temporada do hemisfério norte. Keila Costa, já classificada para os Jogos Olímpicos no salto em distância, busca índice mundial e olímpico em duas etapas da Diamond League, em Eugene (EUA), dia 30, e em Oslo (Noruega), em 11 de junho. Também compete em Marselha (França), no dia 6.

"Meu objetivo é buscar o índice também no triplo. Estou bem, sem lesões e o Troféu Brasil me tirou um peso das costas. Sei que estou bem e é uma questão de tempo. O índice sai já já", diz Keila. Ana Cláudia Lemos também vai a Eugene.

O Grand Prix de Hengelo (Holanda), etapa da segunda principal série de eventos da IAAF, vai contar com Thiago André (1.500m) e Izabela Rodrigues (lançamento do disco), no próximo domingo. Um dia antes, Thiago e Lutimar Paes competem nos 800m em Oordegen (Bélgica). Na segunda, Juliana Gomes dos Santos, esposa de Marilson, corre os 1.500m em Rhelingen (Alemanha).