• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dudu consegue efeito suspensivo 'diferente' e desfalca o Palmeiras até 3 junho

  • COMPARTILHE
Esportes

Dudu consegue efeito suspensivo 'diferente' e desfalca o Palmeiras até 3 junho

São Paulo - Em uma decisão polêmica, o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de São Paulo resolveu conceder o efeito suspensivo pedido pelo Palmeiras para o atacante Dudu nesta sexta-feira. Mas a decisão só será válida a partir do dia 3 de junho, algo que surpreendeu muita gente até do TJD.

O documento divulgado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) em seu site diz que um atleta pode pedir efeito suspensivo quando sofre uma pena maior do que dois jogos ou 15 dias. Entretanto, para o presidente do tribunal, Mauro Marcelo de Lima e Silva, o jogador terá que cumprir 15 dias da pena.

Assim, ele ficaria fora dos jogos com Goiás, ASA e Corinthians. A decisão é surpreendente, já que geralmente o efeito suspensivo faz com que o atleta seja liberado imediatamente. A reportagem conversou com dois procuradores do TJD e ambos admitiram que nunca tinham visto tal decisão, entretanto, se foi tomada, é porque "está dentro da lei".

Um deles explicou que uma forma do Palmeiras conseguir reverter a situação é apelar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Dudu foi suspenso por 180 dias por ter dado um empurrão no árbitro Guilherme Ceretta de Lima no segundo jogo da final do Campeonato Paulista, contra o Santos. Sem poder contar com o jogador, Oswaldo pode escalar Alan Patrick no lugar ou colocar Valdivia entre os titulares.

A situação de Dudu é parecida com a do volante Petros. Ele também foi suspenso por 180 dias por um empurrão no árbitro Raphael Claus. O Corinthians entrou com efeito suspensivo e conseguiu reverter a pena imediatamente.