• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Flamengo vence o Bauru e fatura terceiro título seguido do NBB

Esportes

Flamengo vence o Bauru e fatura terceiro título seguido do NBB

Marília - Disparado o melhor time da fase de classificação da Novo Basquete Brasil (NBB), o Bauru não foi páreo para a força do Flamengo. A equipe do técnico José Neto voltou a ser muito superior no segundo jogo da final, neste sábado, em Marília (SP), venceu por 77 a 67 e garantiu o seu terceiro título nacional consecutivo, o quarto em sete edições do NBB.

O Fla foi campeão da primeira edição, em 2008/2009, foi vice no ano seguinte, e viu o Brasília faturar o tri. Já sob o comando de José Neto, assistente de Rubén Magnano na seleção e favorito a ser seu substituto, o time carioca faturou o bi em 2012/2013 e o tri no ano passado.

Depois de três temporadas, a final da NBB deixou de ser jogo único para acontecer em melhor de três partidas. A Rede Globo, sócia da liga, que exigia a decisão em uma partida, se comprometeu a transmitir os jogos 2 e 3. Neste sábado, entretanto, o título do Flamengo só foi transmitido para o Rio e para parte do interior de São Paulo, regiões com equipes na final.

Assim como no primeiro jogo da decisão, no Rio, só deu Flamengo em Marília - o ginásio Panela de Pressão não tem a capacidade mínima de público exigida para a final e o Bauru levou o jogo para Marília, cidade próxima. Os cariocas praticamente mataram o jogo deste sábado quando fizeram 17 x 7 no primeiro tempo. O Bauru não conseguiu reagir em nenhum momento.

O argentino Laprovittola foi o cestinha do Fla na decisão, com 19 pontos. Também pivô, Olivinha colaborou com 17 pontos, enquanto Benite fez 15. Craque do time, o ala Marquinhos não teve boa atuação e fechou a partida com seis pontos, apenas. A equipe ainda contou com o norte-americano Meyinsse entre os titulares. O argentino Hermann, campeão olímpico, e o ala Marcelinho Machado, além do jovem pivô Felício, são outros destaques do elenco campeão.

Pelo Bauru, campeão da Liga das Américas, nenhuma das estrelas brilhou, ainda que Larry Taylor, Ricardo Fischer e Rafael Hettsheimer tenham feito mais de 10 pontos cada. Alex Garcia e Murilo, os dois mais experientes da equipe, somaram apenas nove - dois do ala/armador, sete do pivô. O norte-americano Robert Day, saiu do banco para fazer 23 pontos, fechar com o cestinha do jogo, mas não foi o suficiente.