• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após queda na Copa do Brasil, Jayme admite 'pancada fortíssima' no Flamengo

Esportes

Após queda na Copa do Brasil, Jayme admite 'pancada fortíssima' no Flamengo

Volta Redonda - Derrotado por 2 a 1 pelo Fortaleza no confronto de ida da segunda fase da Copa do Brasil, há duas semanas, o Flamengo decepcionou ao cair pelo mesmo placar no segundo duelo do mata-mata, na noite desta quarta-feira, em Volta Redonda (RJ), onde acabou se despedindo de forma precoce da Copa do Brasil.

A eliminação acabou sendo a conclusão de um meio de semana desastroso para o clube, que um dia antes do jogo passou a não poder contar com Muricy Ramalho, internado com arritmia cardíaca na última terça, antes de ganhar alta já nesta quarta mas ficar impossibilitado de dirigir o time dentro de campo contra a equipe cearense por orientação dos médicos.

Sem o treinador, o comando técnico da equipe ficou a cargo dos auxiliares Jayme de Almeida e Tata. E o primeiro deles, escalado para dar entrevista coletiva após a derrota, não escondeu o abalo pela eliminação que foi mais uma decepção amargada na temporada, após a queda diante do Vasco nas semifinais do último Campeonato Carioca.

"Sou flamenguista, é difícil, sei que a torcida está muito chateada. Foi uma pancada fortíssima em todos nós. Decepcionado acho que é a palavra maior", ressaltou Jayme, que pouco antes disso admitiu que é preciso evoluir muito para sonhar com uma boa campanha ou com o título no Campeonato Brasileiro na continuidade desta temporada.

"Teremos que melhorar, não adianta ficar aqui dizendo que está uma maravilha. Se o time melhorar, a coisa anda. Temos de acreditar no trabalho, acreditar nesses jogadores, na comissão, não tem alternativa", enfatizou o auxiliar, que ao mesmo tempo lembrou que agora é preciso ter força psicológica para se recuperar. "Temos de levantar a cabeça. Precisamos ver o que erramos e corrigir nossos erros, para dar sequência no Brasileiro. Não podemos achar que está tudo uma droga, mas temos que corrigir os erros", afirmou.

Agora fora da Copa do Brasil, o Flamengo terá como próximo desafio o duelo diante do Grêmio, domingo, em Porto Alegre, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, no qual estreou com vitória por 1 a 0 sobre o Sport, em Volta Redonda, no último sábado. Neste duelo, mais uma vez o time será comandado por Jayme de Almeida e Tata.