• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após ser rebaixado na Inglaterra, Aston Villa é vendido para grupo chinês

  • COMPARTILHE
Esportes

Após ser rebaixado na Inglaterra, Aston Villa é vendido para grupo chinês

Birmingham - Depois de chegar ao fundo do poço ao fim da temporada e ser rebaixado à segunda divisão do Campeonato Inglês pela primeira vez em 29 anos, o Aston Villa terá nova administração. Nesta quarta-feira, o clube foi oficialmente vendido para um grupo chinês, o Recon Group.

A venda foi anunciada em nota oficial pelo próprio Aston Villa. Os valores não foram divulgados, mas especula-se que o grupo chinês tenha desembolsado 60 milhões de libras (cerca de R$ 312 milhões) para tirar a propriedade do clube de seu antigo dono, o empresário norte-americano Randy Lerner.

O Recon Group adquiriu 100% das ações do clube e se tornará seu proprietário oficialmente após a aprovação dos administradores do futebol inglês. Dono do grupo, Tony Jiantong Xia será anunciado o novo presidente do Aston Villa assim que os detalhes burocráticos forem resolvidos.

"Randy Lerner encontrou o novo dono certo para o Aston Villa, que vai tomar conta muito bem do clube e restaurar suas finanças. Ele acredita que Tony Xia é uma excelente escolha", explicou o clube em nota oficial.

De acordo com o mesmo comunicado, a primeira tarefa de Xia será encontrar um novo técnico para o Aston Villa, e Roberto Di Matteo, campeão da Liga dos Campeões em 2011/2012 com o Chelsea, é o principal candidato. Nigel Pearson, antecessor de Claudio Ranieri no Leicester, corre por fora.

"O objetivo imediato do senhor Xia é recolocar o Aston Villa na primeira divisão e, então, fazer o clube terminar entre os seis primeiros, levando o futebol europeu de volta para o Villa Park. Ele planeja fazer do Aston Villa o clube de futebol mais famoso na China, com uma grande base de torcedores", diz o clube em nota.