• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Argel vibra com título do Internacional no Campeonato Gaúcho: "Hexa é diferente"

  • COMPARTILHE
Esportes

Argel vibra com título do Internacional no Campeonato Gaúcho: "Hexa é diferente"

O técnico aproveitou para citar o título da Recopa Gaúcha, na partida da segunda rodada do Estadual, em cima do São José. Para Argel, os treinadores precisam mostrar resultados

Inter foi campeão pela sexta vez Foto: Reprodução/Instagram

Porto Alegre - Ao vencer o Juventude por 3 a 0, neste domingo, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, o Internacional sagrou-se hexacampeão gaúcho. Há 40 anos uma equipe não conseguia vencer seis vezes seguidas o Estadual do Rio Grande do Sul. Para o técnico Argel Fucks, a conquista foi fruto de muito esforço por parte da equipe.

"A nossa maior obrigação era trabalhar bem, fazer o nosso melhor e pensar no coletivo. Trabalhamos e nada resiste ao trabalho. Se a gente buscou o hexa é porque trabalhamos e nos dedicamos muito. O hexacampeonato é diferente de qualquer coisa e conseguimos entrar para a história do clube", decretou o treinador.

"Seguimos o planejamento de apostar nos jovens da casa para rejuvenescer esse time e trazer jogadores com fome de título. Conseguimos mesclar jogadores da base e hoje acabamos o jogo com oito atletas da base", explicou Argel.

O técnico aproveitou para citar o título da Recopa Gaúcha, na partida da segunda rodada do Estadual, em cima do São José. Para Argel, os treinadores precisam mostrar resultados com taças conquistadas. "O treinador vive de títulos. Esse é o meu segundo dentro do Inter, o terceiro na carreira. Não adianta trabalhar, trabalhar e não ganhar no final. A gente vive de títulos", comentou o treinador, que foi campeão catarinense pelo Figueirense no ano passado.

Agora o Internacional entra embalado no Campeonato Brasileiro. A estreia da equipe colorada acontece no próximo domingo, às 18h30, no estádio Beira-Rio, contra a Chapecoense, que se sagrou campeã catarinense de 2016.