• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bruno Silva minimiza invencibilidade do Vasco e aposta em reação do Botafogo

Esportes

Bruno Silva minimiza invencibilidade do Vasco e aposta em reação do Botafogo

Rio - A derrota por 1 a 0 no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca obriga o Botafogo a acabar com a invencibilidade de seis meses do Vasco para conquistar o título estadual. A incrível série sem tropeços do rival, porém, não assusta o volante Bruno Silva. Ele destacou que chegou a hora desse tabu cair e lembrou que o time teve boa atuação no último duelo, embora tenha sido derrotado.

"Nós merecíamos um resultado melhor. Não estou discutindo a qualidade do Vasco, mas tabu é para ser quebrado. No futebol nós sabemos disso e espero só trabalhar durante a semana com a cabeça tranquila para o jogo de domingo. A equipe do Vasco é experiente, mas foi mais uma desatenção nossa do que mérito deles. Não só o Nenê como o Andrezinho, todos merecem atenção especial. Vamos corrigir e ainda não tem nada definido", disse.

Assim, ele manteve a confiança para a finalíssima do próximo domingo em que o Botafogo precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão sem a necessidade de participar da disputa de pênaltis. "Lógico que o Vasco vai querer buscar o resultado, mas estamos confiantes. Não tem nada decidido ainda não. Temos tudo para reverter e a vitória é o que interessa para nós", afirmou.

Bruno Silva negou que a maior experiência dos jogadores do Vasco em comparação ao elenco do Botafogo possa ser um fator decisivo para a decisão. "Não está interferindo. A equipe do Vasco é experiente, mas acho que estamos conseguindo jogar. Nos clássicos fizemos os melhores jogos e não acredito que isso nos atrapalhe. O Ricardo está conseguindo que a gente entenda isso. Quem entra está sabendo lidar com isso e não vejo como um problema", avaliou.

O volante botafoguense também saiu em defesa do goleiro Jefferson, que falhou no gol do Vasco, lembrando o histórico de grandes atuações dele pelo clube. "É um cara experiente e conversou com a gente. Sabemos que é do jogo, acontece. Estamos sujeito a erros. É um cara que está tranquilo. Todo mundo sabe que é um líder e chama a responsabilidade. É um ídolo importante para nós", comentou.