• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Madson elege Botafogo como o rival mais difícil do Vasco nesta temporada

  • COMPARTILHE
Esportes

Madson elege Botafogo como o rival mais difícil do Vasco nesta temporada

Segundo Madson, a presença numerosa de torcedores vascaínos no Maracanã será uma grande arma para a equipe ir atrás do bicampeonato carioca em cima do mesmo rival da final de 2015

Vasco e Botafogo se enfrentam às 16 horas deste domingo Foto: Reprodução/Instagram

Rio - Vasco e Botafogo se enfrentam às 16 horas deste domingo, no estádio do Maracanã, no Rio, para definir quem será o campeão do Campeonato Carioca de 2016. Embora o time cruzmaltino tenha a vantagem do empate, o lateral-direito Madson afirmou neste sábado que é necessário ter cautela contra o principal rival da temporada.

"Vencemos por 1 a 0 o primeiro jogo, mas não tem nada definido. Sabemos da qualidade da equipe do Botafogo. É o rival que mais nos deu trabalho nesse ano. Nosso jogo não encaixa muito contra eles, até mesmo pela formação tática adotada por eles. Nossa semana de treinamentos foi excelente e nossa equipe está preparada", afirmou Madson.

"O (técnico) Jorginho procurou corrigir os erros que tivemos na última partida. Botafogo tem suas virtudes, mas o Vasco irá entrar para vencer e conquistar o bicampeonato estadual", acrescentou o lateral-direito.

Segundo Madson, a presença numerosa de torcedores vascaínos no Maracanã será uma grande arma para a equipe ir atrás do bicampeonato carioca em cima do mesmo rival da final de 2015. "O apoio dos torcedores é fundamental. Nós jogadores conhecemos a força da torcida do Vasco. Não é surpresa para nós saber que ela já esgotou os ingressos do nosso setor. Esperamos que eles compareçam em peso, lotem o Maracanã e nos apoiem do início ao fim. Queremos buscar esse título. Se Deus quiser, iremos comemorar juntos mais essa conquista no Maracanã", disse.

Madson é um dos principais atletas no time de Jorginho, com 74 partidas disputadas em um ano e cinco meses de Vasco. Feliz com a marca alcançada, ele não vê a hora de levantar mais uma taça. "Eu me sinto muito feliz. Só não joguei quando estava machucado ou suspenso. Ter esses números me deixa bastante satisfeito. Já pude conquistar dois títulos, entrar para história do Vasco, mas não quero parar por aqui. Domingo disputarei mais uma decisão e espero poder vencer", finalizou.