• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Maicon volta a ser herói e reitera vontade de ficar no São Paulo

  • COMPARTILHE
Esportes

Maicon volta a ser herói e reitera vontade de ficar no São Paulo

Belo Horizonte - Nos dois jogos mais sofridos do São Paulo nesta Copa Libertadores um dos principais jogadores do time foi o zagueiro Maicon. Nesta quarta-feira, o defensor marcou o gol que classificou o clube à semifinal mesmo com derrota em Belo Horizonte por 2 a 1 para o Atlético-MG, cerca de um mês depois de ter atuado improvisado como goleiro por alguns minutos, em La Paz, contra o The Strongest, na fase de grupos.

As participações decisivas fazem a torcida se mobilizar nas redes sociais para que Maicon renove o contrato com o clube. O vínculo do jogador emprestado pelo Porto vai apenas até 30 de junho. "Eu fico feliz que a torcida e a diretoria querem a minha permanência. É sinal de que tenho feito um bom trabalho. Tenho que agradecer aos meus companheiros", disse o zagueiro, de 17 jogos e dois gols pelo clube.

A negociação com o Porto se arrasta há algumas semanas, em esforço que era improvável no momento da contratação dele. Maicon foi apresentado em fevereiro pelo clube logo no dia seguinte à derrota por 1 a 0 para o The Strongest, no Pacaembu, quando o elenco recebia críticas da torcida e organizava uma greve de entrevistas enquanto a diretoria não pagasse os direitos de imagem atrasados.

"Trabalho com humildade e dedicação. Cheguei como 'um ninguém' e continuo como 'um ninguém'. Apenas faço parte de um bom coletivo. Todos no elenco têm me ajudado", comentou. "Estou tranquilo sobre o meu contrato. Vou comemorar essa vaga antes de pensar nas próximas partidas", disse.

Maicon teve a companhia da mulher e de familiares durante a passagem do São Paulo por Belo Horizonte. Todos são mineiros e estiveram com o jogador nos treinos e na partida no estádio Independência.