• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após título estadual, Coritiba confirma Pachequinho como técnico no Brasileirão

  • COMPARTILHE
Esportes

Após título estadual, Coritiba confirma Pachequinho como técnico no Brasileirão

Curitiba - Pachequinho será o treinador do Coritiba no Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, após reunião realizada entre a diretoria do clube e o técnico, o presidente Rogério Portugal Bacellar anunciou a efetivação do até então treinador, que conduziu o time ao título do Campeonato Paranaense, assegurado no último fim de semana.

No fim de fevereiro, a diretoria do Coritiba demitiu Paulo César Carpegiani após o time ser eliminado na Copa do Brasil. Enquanto não contratava um substituto, a direção vinha apostando em Pachequinho, que dirigiu a equipe em 13 jogos, com oito vitórias, dois empates e três derrotas.

Agora, logo depois da conquista do título paranaense, ele foi efetivado. E de acordo com o presidente do Coritiba, isso já havia sido definido há algum tempo, restando apenas a adoção de uma resolução financeira, sobre o salário de Pachequinho, agora resolvido.

"A conversa já estava sendo feita faz tempo e nós já estávamos pessoalmente acertados e faltava definir o aspecto financeiro. Hoje nós chegamos num acordo e num denominador comum. Pacheco foi uma aposta que o Coritiba fez que deu certo e vem dando certo. O Pachequinho é o treinador do Coritiba e dará uma sequência de muitas vitórias e conquistas que é o que precisamos, se Deus quiser", destacou o presidente Rogério Portugal Bacellar.

Pachequinho destacou que o foco nas últimas semanas estava na conquista do título estadual, por isso, não houve conversas detalhadas com a diretoria sobre a sua efetivação. Agora, com a meta alcançada, foi possível conversar com os dirigentes para acertar um novo contrato.

"As conversas sempre foram tranquilas e o presidente e o Alex Brasil me deixaram claro que eu seria o técnico do Coritiba, o que faltavam eras as questões financeiras. Anteriormente, nós conversamos que era preciso dar foco no Paranaense. Agora fomos rápidos e objetivos para resolvermos os detalhes. Antes eu não queria que essas questões atrapalhassem no dia a dia e queria focar no título. Minha missão era levar a equipe ao título", afirmou Pachequinho, que como jogador é o maior artilheiro da história do Couto Pereira.

E será exatamente no estádio onde o agora treinador fez história que o Coritiba vai estrear no Campeonato Brasileiro, na próxima segunda-feira, quando vai receber o Atlético Goianiense.