• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Iniesta volta aos treinos no Barcelona e deve ser relacionado contra Real Madrid

Esportes

Iniesta volta aos treinos no Barcelona e deve ser relacionado contra Real Madrid

Iniesta havia ficado de fora da atividade na quinta-feira e tinha a presença incerta na partida.


O meia Iniesta voltou a treinar com os companheiros de Barcelona nesta sexta-feira e a tendência é que seja relacionado para o clássico contra o Real Madrid, no domingo, às 15h45 (de Brasília), no Camp Nou, pela antepenúltima rodada do Campeonato Espanhol.

O clássico perdeu um pouco importância já que o time catalão conquistou o título antecipado na última rodada. Mas restou ao time de Cristiano Ronaldo a oportunidade de carimbar a faixa e impedir que o arquirrival conquiste a competição de maneira invicta. Até aqui, após 34 rodadas, o Barcelona tem 26 vitórias e oito empates.

Iniesta havia ficado de fora da atividade na quinta-feira e tinha a presença incerta na partida. Será a última vez que o meio-campista terá a oportunidade de enfrentar o Real Madrid com a camisa do Barcelona. O jogador anunciou recentemente que deixará o time catalão após 16 temporadas.

O centroavante Luis Suárez destacou nesta sexta-feira a importância de Iniesta ao Barcelona. "Foi um dos primeiros a abrir os braços quando cheguei, se sentou ao meu lado. Tomara que a gente ainda compartilhe mais coisas boas. É admirável o que fez como jogador e o que conseguiu dar ao clube.

Na bagagem, ele carregará 32 títulos, contando o Espanhol e a Copa do Rei, conquistados nesta temporada. No entanto, a tendência é que fique no banco de reservas. Iniesta não começou entre os 11 na última rodada, na vitória por 4 a 2 sobre o La Coruña, que garantiu a 25ª taça do Nacional ao Barcelona.

Sobre o clássico, Suárez disse que apesar de a conquista ter vindo antecipada, a importância de sair com a vitória é sempre a mesma. "É um jogo incrível. É sempre um grande espetáculo. O jogador sofre, tem que conter o nervosismo, a ansiedade. Cada encontro é especial, sempre acontece algo", finalizou.